Notícias Adventistas

Ministério da Família promove encontro de casais on-line

A iniciativa é para fortalecer a relação neste momento delicado de pandemia que registrou um aumento significativo de divórcios

Por Eber Pola 26 de maio de 2021

O conteúdo do encontro ficou disponível para os inscritos

Com o objetivo de consolidar a instituição do matrimônio, o Ministério da Família da Paulista Sudoeste realizou o Encontro de Casais on-line no dia 22 de maio. Com o tema “Casados e Felizes”, cerca de 267 casais participaram da palestra da terapeuta de família e de casal, Dilene Ebinger. A preocupação com o crescimento no número de divórcio no Brasil é um alerta para que os casamentos se fortifiquem. Segundo o levantamento do Colégio Notarial do Brasil, as separações saltaram de 4.641 para 7.213 entre maio e julho de 2020.

De acordo com o pastor Josemar Ventura da Silva, líder do Ministério da Família da Igreja Adventista no território sudoeste paulista, nesta situação pandêmica muitos casais passam mais tempos em ambiente doméstico e precisam de orientação e ferramentas para lidar com situações e problemas no relacionamento. Na ocasião Ventura ofereceu o Curso Lar e Família Bem Vindo, produzido pela Igreja Adventista para toda a América do Sul.

Pastor Josemar e esposa Chistine na realização do encontro

“A nossa intenção é que os casais saibam lidar com as crises. Mais aceitação, menos egoísmo e mais altruísmo. Apresentamos maneiras de como ajustar rotas, mudanças de pensamento, aceitação e compreensão um do outro”, destacou Josemar. No início da transmissão, o pastor Aurelino Ferreira, líder da Igreja Adventista na região sudoeste paulista, deu as boas-vindas aos participantes e fez a oração.

Fortalecer a relação

Na sua palestra Dilene afirma que é possível estar casado e ser feliz. A questão é saber entender as diferenças entre os casais e trabalhar na harmonia da dinâmica conjugal. Para isso a terapeuta ressaltou quadro pontos na sua palestra: a comunicação, a visão, a emoção e a sexualidade. “É fundamental que haja a compreensão de que cada pessoa tem o seu perfil. Ou ela é subjetiva ou objetiva. A percepção da visão do outro e a construção do entendimento evita conflitos e fortalece o casamento”, pontua Ebinger.

Edilene Ebinger apresenta os atributos de um casamento feliz

Ademilde Sanches e Luís Sanches são casados há 41 anos. Com três filhos eles são membros da Igreja Bairro São Jorge, em Piracicaba. Uma relação de décadas sustentada por respeito e confiança. Para o casal, a receita da felicidade está nas atitudes. “Não proferimos palavras de ofensa e, no momento da raiva, sabemos a hora certa para falar. Também fazemos muitas atividades juntos e o meu marido é o meu melhor amigo”, diz Ademilde.

Já o casal Tathiane Patrícia Moeska e Lucas José Teodoro tem um casamento bem ativo na cidade de fartura, com seis filhos. A rotina do casal é bem intensa e o encontro foi fundamental para alinhar algumas coisas entre eles. “O encontro foi renovador. A gente conseguiu analisar alguns que precisamos melhorar. Começamos a nos policiar e valorizarmos mais os pontos positivos. Mais elogios do que críticas”, conclui Patrícia.

Para o casal José Justino Junior e Josi Jordão, membros da Igreja do Colégio Adventista de Hortolândia, o encontro serviu para reavivar as coisas que o casal precisa fazer para manter o amor e a união. “A questão de olhar nos olhos e abraçar apertado sem aquela pressa dos afazeres diário. Isso me fez relembrar a época de namoro, onde não tínhamos pressa e curtíamos todos os momentos”, declara José, casado há 11 anos.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox