Notícias Adventistas

Livro para universitários traz lições para a vida a dois, em família e na sociedade

Amores Básicos é uma obra sobre o amor em sua manifestação mais fundamental na humanidade: o casamento.

Por Luciana Gruber 10 de fevereiro de 2021

Obra traz reflexões sobre Deus, amor e casamento a partir da perspectiva bíblica (Foto: Divulgação / CPB)

Deus é amor. Esse é o resumo da revelação divina. Para expressar Seu infinito e incompreensível amor, Deus resolveu esculpir: criou homem e mulher, implantou neles o que sente por nós e os uniu em casamento. No livro Amores Básicos (CPB), Víctor Armenteros, autor de várias obras em língua hispânica, apresenta os amores essenciais que fundamentam as relações humanas, a partir da perspectiva criacionista:

  • O amor supremo: de Deus.
  • O amor planejado por Deus entre um homem e uma mulher: o casamento.
  • O amor familiar: entre pais e filhos.

Em apenas nove capítulos, Armenteros mostra a grandeza do amor de Deus e o cuidado com o qual Ele criou o mundo e, principalmente, homem e mulher. O Senhor planejou a união do casal e a complementaridade desses dois gêneros. Idealizou as diferenças entre eles a fim de que se complementassem física e emocionalmente. Ao ordenar que crescessem e se multiplicassem, Deus estava concedendo à humanidade a capacidade de gerar outros seres e alterando a perspectiva de mundo ao conectá-los com o futuro.

Leia também:

O autor também reflete sobre os problemas nos relacionamentos e a coisificação do outro, e como isso destoa do plano de Deus e da descrição bíblica. A Bíblia não é machista, Deus não o é e nem nós devemos ser. Deus valoriza homem e mulher igualmente. Armenteros destaca a importância do amor e da guarda dos mandamentos no relacionamento do casal. Reflete sobre isso não apenas na relação entre o ser humano e Deus, mas na expressão do amor no relacionamento do casal e na sociedade.

O último capítulo do livro contém uma análise da sexualidade e mostra que, desde a criação, as relações íntimas fazem parte do plano de Deus para o casal. Segundo o escritor, Deus não estabeleceu o sexo apenas para procriação, mas para a união e satisfação mútua entre homem e mulher sob a bênção do matrimônio. A beleza ímpar da obra de Armenteros é sua encantadora análise sobre o livro de Cântico dos Cânticos de Salomão. Ele analisa as imagens do livro, ao que se referiam na cultura do Oriente e quais seus significados para um casal de noivos e recém-casados.

Escolhido como livro do Curso de Leitura 2021 para os universitários, Amores Básicos é uma profunda reflexão sobre Deus, amor e casamento. Com sensibilidade artística e refinado conhecimento linguístico, esses três elementos são expostos a partir da perspectiva bíblica.


Luciana Gruber é revisora de livros denominacionais na Casa Publicadora Brasileira.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox