Notícias Adventistas

Igreja Adventista promove em parceria com Poder Judiciário  a união de 37 casais em Roraima.

Por Fábio Heverton 4 de junho de 2020

Nesta época de pandemia, no estado de Roraima, à semelhança de muitos outros lugares no Brasil, o cenário de isolamento social ainda obriga que muitos seguimentos da sociedade permaneçam com restrições de funcionamento. Os cartórios são um exemplo desta triste realidade, especialmente quanto à realização de casamentos.
Neste contexto, muitas pessoas precisaram adiar a concretização deste sonho. Em Alguns casos, pelo não funcionamento dos órgãos reguladores, mas em outros, pela falta de condições financeiras para arcar com as custas judiciais.
Sensibilizados com o drama destas pessoas, a administração da Igreja Adventista, em parceria com a Vara da Justiça Itinerante de Roraima e o apoio de alguns voluntários, empreendeu uma ação histórica. Mesmo em cenário de pandemia, a ação social foi promovida com suporte da tecnologia, aproximando casais, magistrados, pastores e demais voluntários, através do ambiente virtual, regularizando a situação conjugal dos casais.
“O desejo pela estruturação familiar é uma clara demonstração de que ainda há muitos que acreditam na instituição chamada Família, como tendo sido planejada e estabelecida por Deus e entendemos ser nosso dever ajudar neste sonho”, afirmou o líder da igreja para aquele estado, pastor Wiglife Saraiva.
No dia 28 de maio, 21 casais celebraram a união. As ações prosseguiram em 03 de junho do corrente ano, com mais 16 casais. As audiências com as partes foram realizadas através do sistema de videoconferência do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima e os casais compareceram às mesmas na sede do Colégio Adventista de Boa Vista, que cedeu toda a sua estrutura, como quadra poliesportiva e salas de aula.

Segurança e Felicidade dos Participantes

Todos os procedimentos foram submetidos a um rigoroso protocolo de segurança, observando o distanciamento, uso do álcool em gel e máscaras de proteção.
Para Dolane Patrícia, advogada e voluntária que auxiliou na coordenação do evento, a ação teve um caráter histórico e de ineditismo em Roraima, ao passo que fez a diferença na vida de muitas pessoas. “A ação contemplará 100 casais. Duzentas pessoas cujo sonho se tornará realidade. Estamos realizando este movimento através de etapas, por questão de segurança. Um trabalho exaustivo, mas muito gratificante”.
Ainda segundo Dolane Patrícia, cerca de 20 audiências são realizadas semanalmente e contam com a participação de Juiz, Promotor de Justiça, Defensores Públicos, intérpretes e advogados que se mobilizam para tornar o evento uma realidade. Alguns casais venezuelanos também estão sendo beneficiados.
Há casos emocionantes de pessoas que celebraram a sua união em um leito de hospital, mas que não abriram mão de dizer sim à pessoa amada. Alguns sonharam por mais de 30 anos com este momento, como é o caso do Sr. Luiz Gonzaga, que possui 85 anos de idade, mas que somente agora pôde declarar que o momento vivido, a atenção recebida e o carinho demonstrado para com sua família “é muito mais do que a realização de um sonho!”.

Sim também para Jesus

Para o Pr Edivan Oliveira, a maioria destas pessoas decidiram-se pelo casamento por motivos especiais. “Elas desejavam ter uma família legalmente estruturada e demonstrar para os filhos este valor e regularizar a situação conjugal para dizer sim a Jesus através do batismo, como alguns fizeram na manhã de hoje, logo após a oficialização de sua união”.
Gratidão
Para o Dr. Erick Linhares, o apoio da Igreja Adventista, fornecendo equipamentos e local para que o serviço à distância pudesse ser disponibilizado foi essencial para o êxito da ação, que vai se prolongar em outros projetos com mais casais sendo regularizados. “É com satisfação que digo que a justiça de Roraima sente-se orgulhosa desta parceria e estamos disponíveis para novas ações”, finaliza.
A Igreja Adventista do Sétimo Dia agradece a todos os voluntários envolvidos neste lindo projeto, representados pelo Dr. Erick Linhares, Juiz da Vara da Justiça Itinerante em Roraima, instituição esta, que há vinte anos atua prestando relevantes serviços à sociedade daquele estado, dentre elas a regularização de famílias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox