Notícias Adventistas

Fiéis Até o Fim

Por Célio Barcellos 2 de março de 2021

Transmissão da Live dos 10 Dias de Oração da Associação Paulista Central (Foto: DECOM APaC)

Fevereiro passou! Um período que em tempos normais é considerado um dos mais barulhentos do ano em função do carnaval, cidades encontraram-se silentes e as ruas mais limpas. É surpreendente ver o chamado “país do carnaval” totalmente recluso em função da pandemia, que tem afetado o cotidiano inclinando a rotina diária ao um “novo normal.”

Devido as circunstâncias, notou-se que nem sempre as coisas giram conforme as múltiplas vontades da sociedade.  Observando a paralisação de quase tudo em função do lockdown, fica evidente que é preciso enxergar além dos acontecimentos. É mais do que necessário lembrar das palavras de Jesus quando os discípulos mostraram-lhe as construções humanas,“Não ficará pedra sobre pedra que não seja derribada”. (Mt 24:1,2)

Em meio a esse caos vigente, um movimento extraordinário de oração aconteceu em todo o território da Divisão Sul Americana (DSA). Famílias se mobilizaram na busca por poder. Não ao poder humano que logo se dissipa, mas ao poder do alto, que vivifica para a vida eterna.

No intuito de compartilhar a Palavra para o bem-estar de todos e na certeza de que é “Através de Nós” que o Evangelho será pregado, as igrejas adventistas no território da Associação Paulista Central (APaC), se mobilizaram entre os dias 18 e 27 de fevereiro para os 10 Dias de Oração com a temática: Famílias Fiéis Até o Fim.

As reuniões nos templos, nos pequenos grupos em família e nas lives, formaram um arsenal poderoso de intercessão pelas famílias da igreja e pelos multifacetados problemas que afetam o mundo.

Neste turbilhão social em que todos lutam contra o vírus da COVID-19, também se trava verdadeiras batalhas contra o vírus do pecado que insiste em corroer a alma com tentações pessoais e coletivas. Dentro desse pacote despachado pelo inimigo, a família é duramente afetada.  Nunca se fez tão necessário orar pela vida dos cônjuges; dos filhos; da igreja e da comunidade.

Na batalha de egos em uma sociedade que caminha para a distopia, nota-se um mundo mascarado numa marchinha rumo ao abismo. O mesmo diabo que utilizou a serpente para causar a primeira intriga, continua a futricar nos ouvidos humanos incentivando os indivíduos a efetuarem ações que provocam problemas que geram mazelas. O que cabe fazer nesse cenário? Orar! É a principal arma.

Mesmo diante dos incômodos do lockdown e das muitas tragédias deste mundo, é possível observar essas dissonâncias, sem perder de vista à Esperança do “Novo Mundo”.  Lá, não haverá intrigas e muito menos doenças ou confusão; haverá sim, um mundo isento de máscaras e de vírus, pois a fidelidade ao Grande Deus, protegerá a família humana para sempre, até que esse breve dia chegue, que todos se nutram de oração e se mantenham fieis até que Ele venha.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox