Notícias Adventistas

Vigília motiva 2.500 pessoas a crescerem na vida cristã

Grow Up foi o tema do evento com duração de 8 horas realizado em Maringá.

Por Gustavo Cidral 28 de agosto de 2019

Investidura de líderes é um dos momentos mais aguardados. (Fotos: Tiago Apolinário e Jeremias Palhão)

“Crescimento” foi a palavra-chave na Mega Vigília Jovem da Associação Norte Paranaense. Com o tema “Grow Up”, em português, “cresça”, a ordem do programa foi estimular os participantes a se desenvolverem na vida, principalmente a religiosidade. O evento reuniu mais de 2.500 jovens em Maringá no dia 24 de agosto, em uma noite de muita oração, louvor e testemunhos. O encontro foi das 22 horas até o amanhecer, às 6 horas do dia seguinte.

Sobre o tema escolhido, o organizador da vigília e diretor do Ministério Jovem no norte do Paraná, pastor Giliard Ferreira explicou: “Cristo, quando nos convida para Seu Reino, Ele nos convida para crescer, e esse crescimento é o processo de uma vida. Deus quer operar uma obra de desenvolvimento nos jovens. O jovem tem muito potencial, Deus acredita nos jovens. Então Ele chama jovens para que usem todo o potencial que possuem para levar outras pessoas aos pés de Cristo”.

Motoboy foi entregar pizzas no evento e foi chamado para subir ao palco para receber uma oração, além de ganhar presentes.

Crescimento na prática

Esse potencial foi visto durante a vigília. Houve um momento em que um grupo encomendou pizzas para serem entregues no evento. O motoboy foi recebido e levado ao palco, onde oraram por ele e deram um kit do Geração 148. Ele também ganhou um capacete estilizado.

Já as pizzas fizeram parte de um desafio. Os jovens saíram pelas ruas de Maringá para entregar as pizzas a pessoas em situação de rua. E mais: comeram junto com elas.

Uma das pessoas com quem os jovens fizeram contato aceitou o convite de ir para a vigília junto com eles. Claudinei da Costa assistiu ao programa e subiu ao palco para falar dessa experiência e receber uma oração. “Deus tocou no meu coração para vir à igreja e eu vim”, contou o jovem.

Raquel foi batizada no início da vigília.

Nascer e então crescer

Além da ênfase no crescimento, a vigília promoveu também vários “nascimentos”. Batismos marcaram a decisão de pessoas em renascer das águas e viver para Cristo. E, é claro, depois de nascer elas devem crescer, como afirmou Raquel dos Santos Alves Tavares: “eu sei que a cada dia eu vou me renovar e vou nascer de novo. Confiando em Deus, eu pretendo também dar estudos bíblicos e me envolver em projetos da Igreja.” Raquel já dá os primeiros passos ao ensinar Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para os desbravadores.

A Missão Calebe, cuja próxima edição foi lançada na vigília, é uma das iniciativas em que os jovens podem crescer no envolvimento missionário.

Crescer para cima e para os lados

A Igreja Adventista promove meios pelos quais os membros podem se desenvolver e crescer espiritualmente. A vigília apresentou iniciativas de missão para inspirar os jovens a se envolverem na expansão do Reino.

“É um crescimento vertical, que tem a ver com relação a Deus, e um crescimento horizontal, que tem a ver com a relação com o próximo. A Igreja propõe o crescimento com Deus pelo estudo da Bíblia e oração, e o crescimento com o próximo através de relacionamentos em pequenos grupos. E assim desenvolver a sua ação missionária para levar outras pessoas ao mesmo conhecimento. O ciclo vai continuando e todo mundo cresce até chegar o dia perfeito e nós vamos para casa”, definiu o pastor Carlos Campitelli, diretor do Ministério Jovem na Divisão Sul-Americana.

CLIQUE AQUI PARA VER A GALERIA COMPLETA DE FOTOS NO FACEBOOK

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox