Notícias Adventistas

Treinamento especializado capacita 634 líderes adventistas em SP

Evento ressaltou a importância da fidelidade e do relacionamento com Deus.

5 de julho de 2018

São Paulo, SP… [ASN] Pelo menos duas vezes por ano a região leste do Estado de São Paulo (Associação Paulista Leste) promove um encontro para anciãos e líderes de grupos, a fim de capacitá-los para o trabalho nas igrejas adventistas locais. Foi o que aconteceu na tarde do último sábado, 30 de junho, no Colégio Adventista da Vila Matilde. Os 634 participantes se reuniram no Concílio de Anciãos para aprender mais sobre fidelidade, adoração, mordomia e reconsagração.

Com o tema “Crescendo em Graça”, o evento reafirmou a importância de cada ancião. “Ele lidera as comissões e as pregações na igreja local. Quando o pastor não está, o ancião assume toda a liderança, a parte espiritual e administrativa da igreja”, comenta o pastor Aguinaldo Guimarães, presidente Associação Paulista Leste.

Na foto, está o presidente da Associação Paulista Leste, Aguinaldo Guimarães.

Crescimento espiritual

Na primeira parte do programa, o pastor Marcos Bomfim, líder mundial dos adventistas na área de Mordomia Cristã, contou uma experiência pessoal sobre fidelidade e explicou a importância dos dízimos e das ofertas. “Esta é uma forma de engrandecer o nome de Deus. Quando olho para a minha história e vejo o que Ele tem feito em minha vida, essa é uma reação do coração grato”, diz.

O pastor Herbert Boger Junior, líder de Mordomia Cristã para oito países sul-americanos, ministrou a segunda parte do programa e destacou a busca por Deus em primeiro lugar diariamente. “O bem mais precioso deste mundo são as pessoas. O principal papel da Mordomia Cristã é devolvê-las a Deus. Esse deve ser o foco do trabalho dos anciãos”, enfatiza. Boger completa que visitar e servir é o meio mais importante para o ancião cumprir sua missão bíblica de salvação.

Carlos Carnieto tem 65 anos de idade e há 20 atua como ancião. Atualmente, desenvolve este trabalho na Igreja Adventista do Sétimo Dia da Vila Bonilha, na zona norte de São Paulo. Ao participar do concílio, Carnieto revela que a APL mostrou, mais uma vez, estar preocupada com o crescimento espiritual da igreja. “O programa trouxe incentivo e mostrou a importância de cultivar um relacionamento real com Deus”, observa.

Santa Ceia

O evento contou ainda com uma cerimônia de Santa Ceia. Os participantes foram surpreendidos pelo cenário, que remontou o templo em Israel e por dezenas de pastores que entraram no auditório trajados com roupas que lembram os tempos bíblicos, fazendo referência aos sacerdotes e sumo sacerdote durante os serviços no tabernáculo. “Para que você e eu sejamos santos, precisamos tocar em Cristo”, propôs o presidente Aguinaldo Guimarães. Logo após, todos comeram o pão, simbolizando o corpo de Cristo, e tomaram o vinho, simbolizando Seu sangue. O lava-pés aconteceu no início do programa, assim que os participantes chegaram ao local, na quadra do colégio.

Com 10 anos de ancionato, Antônio Gonçalves, de 54 anos, é membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Imirim, na zona norte da capital paulista. Ele conta que ficou surpreso com tudo o que vivenciou. “Foi uma surpresa maravilhosa. Pela primeira vez participei de uma Santa Ceia com um cenário tão rico em detalhes. Foi emocionante ver os pastores vestidos como levitas. Saí do concílio ansioso para ver Jesus voltar e poder desfrutar de uma Santa Ceia na eternidade”, menciona. [Colaboradora ASN, Vanessa Moraes]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox