Notícias Adventistas

Total envolvimento dos membros marca impacto esperança 2018

A cada ano que passa o projeto tem contado com um maior apoio dos membros das igrejas locais

Por Leonardo Leite, Macapá-AP

ImpactoEsperanca2018_MPA

O envolvimento total dos membros marcou o impacto esperança 2018. Foto: Leonardo Leite

O projeto Impacto Esperança, realizado desde 2007, é o grande envolvimento missionário dos membros das igrejas ao longo dos anos e no Pará e Amapá não poderia ser diferente. A cada ano que se passa o projeto se solidifica, buscando o total envolvimento dos membros.

ImpactoEsperanca2018_MPA4

O envolvimento de todos foi muito visível no projeto impacto esperança 2018. Foto: Michael Curi-Rad

Não importa a localidade, seja grande centro urbano como Belém ou em Breves, no Arquipélago do Marajó, todos participaram ativamente do impacto esperança. Por falar no Marajó, mesmo com a dificuldade de locomoção, apenas em uma região pastoral foram distribuídos 20 mil livros. Barcos, canoas e “catraias” (meio de transporte típico do local) serviram de transporte para levarem esperança através da página impressa.

Para o pastor Moisés Batista, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) nesta região o projeto esse ano se destaca por alguns pontos. “Este ano foi diferente no sentido que a igreja ficou muito mais experiente e criativa. Isto se refletiu nas camisas, no maior envolvimento das crianças, lugares inusitados de entrega e muitas outras demonstrações de que o impacto dominou a igreja. É lindo!”, destaca Batista.

ImpactoEsperanca2018_MPA

Mulheres distribuíram esperança através da página impressa. Foto: Leonardo Leite

Mulheres totalmente envolvidas

Dizem que mulher é o “sexo frágil”, mas a cada momento elas surpreendem e mostram que não é bem assim, prova disso foi o envolvimento feminino ao impactar a Ilha de Santana, onde foi preciso vencer a travessia do Rio Amazonas e as dificuldades de acesso para levar esperança para mais de 700 famílias.

Nesse contexto, Marli Peyerl, líder do Ministério da Mulher da IASD na América do Sul conta qual é o seu grande desejo ao participar do impacto esperança: “Sair de Brasília, grande metrópole, e visitar essa comunidade tem sido um privilégio. Jesus está voltando, e nós não queremos mais ficar aqui. Os sinais são claros e nos mostram, nosso lugar não é aqui, é o céu!”, conclui.

Alguns moradores da localidade não sabiam da existência de uma igreja adventista na comunidade, e só tomaram conhecimento após a distribuição dos livros. Socorro Paiva, uma das líderes da IASD local, garante que a visibilidade da igreja será ainda maior. “Com toda a certeza nossa igreja local será a maior beneficiada com a realização desse projeto, porque muitos moradores passaram a conhece-la agora. Estamos felizes por isso, e que Deus seja louvado!”, exclama Socorro.

ImpactoEsperanca2-18_MPA3

Passeata nas principais ruas da capital Amapaense chamou a atenção da população. Foto: Ítalo Melo

No encerramento do dia foi organizada uma passeata pelas principais ruas da capital do Amapá, Macapá, onde os membros levaram livros missionários e entregaram em casas e comércios. O movimento contou com representações de diversos ministérios, entre eles: Jovens, desbravadores, aventureiros e educação adventista. De jovens a idosos, todos estiveram envolvidos na distribuição de livros missionários, e no final uma celebração foi organizada como agradecimento pela participação de todos no projeto impacto esperança 2018.

Confira as fotos:

Projeto Impacto esperança 2018

Posted by Adventistas Pará Amapá on Saturday, May 26, 2018

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox