Notícias Adventistas

Teatro com bonecos ensina lições de vida cristã para participantes de Aventuri

Apresentações abrilhantaram o maior encontro de Aventureiros da Associação Rio de Janeiro

Por Douglas Pessoa 22 de outubro de 2018

Personagem “Venturinho” prendeu a atenção das crianças.

Conhecida por sua beleza e pelas formações rochosas peculiares, a Serra dos Órgãos, no Rio de Janeiro, atrai dezenas de turistas que buscam o local para praticar montanhismo e registrar a paisagem. No entanto, no último final de semana um público bem diferente passou dois dias fazendo atividades de acampamento ao pé das montanhas fluminenses. Crianças e juvenis que fazem parte dos clubes de Aventureiros da Associação Rio de Janeiro (ARJ) participaram, entre os dias 19 e 21 de outubro, da edição 2018 do Aventuri, acampamento que aconteceu em uma fazenda entre os municípios de Guapimirim e Cachoeiras de Macacu. Cerca de 450 Aventureiros, juntamente com diretores, conselheiros e pais, participaram da celebração.

O encontro teve início com a tradicional machadada que marca a abertura de acampamentos das agremiações adventistas. Momentos musicais, mensagens de reflexão espiritual e uma cerimônia de investidura marcaram a noite de sexta e a manhã de sábado. Na ocasião, mais de 15 pessoas foram reconhecidas oficialmente como líderes de Aventureiros. Para que isso acontecesse, elas tiveram que cumprir uma série de requisitos que testam a capacidade de liderança e conhecimentos sobre a agremiação. Cada desafio cumprido foi registrado em um cartão que, quando completado, permite que a pessoa participe da cerimônia.

Na tarde de sábado atividades de campo e gincanas movimentaram os Aventureiros. Eles participaram de competições e puderam colocar em prática as lições aprendidas nas reuniões semanais que cada clube faz aos domingos. Eles também puderam assistir a apresentações musicais do grupo que também apresentou uma encenação sobre a história do personagem bíblico Daniel.

Teatro Gil e Cris

Líderes que participaram da cerimônia de investidura .

Por falar em encenação, nesta edição do Aventuri uma participação diferente prendeu a atenção dos pequenos do início ao fim. A dupla de atores curitibanos Gilmar Cerqueira e Cris Lopes, que formam o Teatro Gil e Cris, uma série de apresentações e shows com bonecos, esteve presente e mostrou um lado mais alegre e bem-humorado das lições apresentadas por Deus na Bíblia. “O evangelho é uma coisa alegre. É essa felicidade de ser cristão, de ser uma criança com Jesus, que nós queremos passar para o público. A proposta é falar de evangelismo de maneira bem alegre e lúdica”, explica Cris Lopes, que faz apresentação e dublagem das personagens femininas.

Dentre os vários personagens da dupla um chamado “Venturinho” cativou a criançada. Ele retratava um garoto que participa do clube de Aventureiros em Curitiba que estava conhecendo o Rio de Janeiro e o Aventuri carioca. Segundo Gilmar Cerqueira, a contextualização foi proposital e teve como objetivo se aproximar ainda mais do público. “Nós procuramos trabalhar com recursos do improviso e da adaptação com o contexto local para tornar a apresentação ainda mais próxima deles. Claro que quando falamos ‘improviso’ significa que é uma adaptação já planejada ao lugar onde estamos apresentando os personagens. Ou seja, a gente se prepara para o improviso”, explica. O casal faz apresentações de norte a sul do país. Segundo Cris, cada vez que vão subir ao palco eles procuram conhecer a cultura local. “Se o público não se identifica com o que está sendo falado, você os perde”, afirma confiantemente.

A dupla atua nessa área há 25 anos. Gilmar conta que antes de criar as apresentações já atuava tinha uma carreira no teatro. “Eu, particularmente, já trabalhava com teatro secular. Foi quando eu entendi que não poderia desenvolver minha profissão sendo adventista, pois os espetáculos acontecem em fins de semana e, muitas vezes, aos sábados”, contextualiza. Foi então que a dupla resolveu usar seu trabalho como uma forma de falar de Jesus para as pessoas, em especial, para as crianças. “Eu percebi que nossa igreja tem um campo muito grande para esse tipo de trabalho. Nossas apresentações possuem uma seriedade técnica que visa captar a atenção do expectador e transmitir a mensagem com qualidade”, explica o ator.

VEJA MAIS IMAGENS NO NOSSO FACEBOOK. 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox