Notícias Adventistas

Seminário aborda envolvimento de fiéis no aspecto missionário da igreja

Com objetivo de transmitir conhecimentos sobre mordomia, Seminário Teórico-prático também reuniu tesoureiros e líderes distritais de mordomia cristã

Por Douglas Pessoa 9 de março de 2020

Pastores explicam o programa para participantes. Durante encontro os líderes visitaram e pregaram em igrejas da Grande POA

Pastores de todo o centro do Rio Grande do Sul e líderes dos departamentos de tesouraria nos distritos participaram, no último final de semana, da primeira edição do ano do Seminário Teórico-Prático. O encontro teve como objetivo principal a abordagem de temas relacionados à fidelidade dos fiéis e mordomia cristã respaldadas por instruções contidas na Bíblia. A reunião acontece com o corpo pastoral todos os anos, mas a participação de líderes distritais é uma novidade em 2020.

O seminário teve início na tarde de sexta-feira, em Porto Alegre. A motivação sobre os temas abordados ajudou a estimular os participantes a estarem motivados para repassar os mesmos conhecimentos para os membros nas igrejas locais. “O propósito aqui é incentivar a fidelidade e o senhorio de Deus, além de tentar motivar a nossa igreja através dos líderes”, explica o pastor Marcos Júnior, líder da IASD no centro do RS.

Os pastores participantes também tiveram oportunidade fazer um trabalho teológico na Grande Porto Alegre. Eles pregaram em diversas igrejas na noite de sexta e no sábado pela manhã. “Os pastores também fizeram, em média, três visitas para mostrar a importância de serem fiéis. Essa fidelidade não é apenas na questão dos dízimos e ofertas, mas na vida cristã como um todo”, conta. O assunto da fidelidade também vem de encontro com o tema Resgate, que já está sendo abordado nos trabalhos que antecedem o evangelismo de Semana Santa, que acontecerá em abril.

Nesse período os adventistas gaúchos estão empenhados em ajudar pessoas que um dia fizeram parte da Igreja Adventista do Sétimo Dia a voltar a criar vínculos com eles e os estimular a frequentar novamente à igreja. Além disso, segundo o pastor, abordar o tema da Mordomia Cristã também é um tipo de resgate do membro através da fidelidade dele. “Isso tem total conformidade com o projeto Resgate. Quando você tem um membro que não é fiel a Deus você tá resgatando-o. Isso no sentido de trazer membros que são inativos na questão missionária. Nos precisamos muito reavivar esse grupo”, explica.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox