Notícias Adventistas

Semana de Oração Jovem será totalmente adaptada ao formato digital

Programação que ocorreria em Aracaju será realizada apenas via web. Expectativa é alcançar um público maior que edições anteriores.

Por Pollyana Trindade 10 de julho de 2020

Pr. Eduardo Batista – Líder de Jovens

De 25 de julho a 01 de agosto, a juventude baiana e sergipana tem um encontro marcado. Mas calma! Não se trata de nenhuma aglomeração. A Semana de Oração Jovem deste ano ocorrerá de forma virtual, prezando pela segurança de todos os participantes. Apesar do novo formato, a essência se mantém: incentivar os jovens a terem mais comunhão com Cristo e serem dependentes dEle. A programação terá o mesmo tema escolhido para inspirar a vida e as ações dos jovens adventistas na América do Sul em 2020: Tudo por Ele, que é baseado no verso bíblico de Romanos 11:36.

Leia também:

O pastor Eduardo Batista, líder do Ministério Jovem para a Bahia e Sergipe, conta detalhes sobre o programa. Acompanhe a entrevista:

 

Pollyana Trindade – Sobre o desafio de fazer de fazer uma Semana de Oração apenas na web, diz para gente como será, pastor.

Eduardo Batista – Eu não vejo como um desafio, mas como uma oportunidade. Era um desafio quando não existia a cultura de estar tão conectado como agora. Antes fazíamos uma Semana de Oração em uma igreja específica e transmitíamos pelo Facebook e Youtube. Só que era um desafio conectar a turma porque, claro, não é a mesma coisa assistir uma programação que você sabe que está acontecendo presencialmente e você não está lá. Mas agora, a diferença é que não teremos o público presencial; o programa será todo feito pensando nos internautas e, consequentemente, eu creio que a conexão será maior.

Pollyana Trindade – Qual a média de pessoas alcançadas pela transmissão do ano passado, e qual a quantidade que se espera para este ano?

Eduardo Batista – Em 2019, tivemos em média 1.500 pessoas conectadas no Facebook e outras 1.500 pessoas no Youtube. Não há como estimar uma quantidade para este ano, mas com certeza serão muito mais.

Pollyana Trindade – E o que a juventude pode esperar do programa?

Eduardo Batista – O programa será simples e direto ao ponto! Louvor, boas-vindas e uma atração musical para cada noite. Nós já temos confirmados o Jeferson Pilar, Art Trio, Sergio Saas, Cíntia Alves, Daniel Lüdtke, Edson Nunes, Pri Just e o Alexandre Lima, que são músicos que os jovens acompanham e gostam. Na sequência, vem a pregação da Palavra. A gente não quer gastar muito tempo a não ser naquilo que é prioritário, ou seja, o louvor e a mensagem.

Pollyana Trindade – Sobre esse novo formato, apenas digital, o que se espera alcançar?

Eduardo Batista – O resultado pela web no ano passado nos deu muita alegria, não só pela quantidade de conexões, mas pelo número de decisões que a gente colheu como resultado da pregação. Temos a expectativa de que, com mais conexões, mais pessoas sejam alcançadas pela mensagem. Eu não me importo muito com as decisões, não; a minha parte é fazer o programa, as decisões são consequência do trabalho do Espírito Santo. O resultado vem de Deus!

Pollyana Trindade – Qual sua mensagem para quem está se preparando para assistir essa Semana de Oração?

Eduardo Batista – A gente quer focar nos livros bíblicos dos profetas menores – que, aliás, são chamados assim porque o conteúdo destes livros é menor que o dos livros dos chamados profetas maiores. Dos doze livros deste grupo, vamos estudar oito, usando uma linguagem bem dinâmica e adaptada à juventude. A perspectiva é: se o profeta menor pode conduzir ao Deus que é grandioso, então nós, pequenos como somos, também podemos nos aproximar e aproximar outras pessoas do Rei do universo. Eu deixo o meu convite a todos para virem conosco nessa viagem por mensagens que, apesar de escritas há tanto tempo, não poderiam ser mais atuais.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox