Notícias Adventistas

Retiros espirituais promovem comunhão e amizade em SC

Destaque para as atividades realizadas pelos adventistas em Lages, com dois retiros

Por Daniel Gonçalves 4 de março de 2020

 

Jovens e adultos unidos para buscar a Deus no período de carnaval

Aproveitando o recesso proporcionado pelo feriado de Carnaval, as comunidades adventistas promovem todo o ano os retiros espirituais. Em 2020 os retiros aconteceram entre 21 e 25 de fevereiro, tirando jovens e adultos do agito das cidades neste período. Somente em Lages, cidade localizada na Serra Catarinense, foram dois eventos simultâneos que reuniram quase 150 pessoas, incluindo pessoas que estão conhecendo a Igreja.

Foram gincanas, comemorações temáticas e o principal, cultos e vigílias para os acampantes em Lages. Uma das confraternizações foi a “Noite Japonesa”, com figurino e comida típica, tudo num clima de amizade, entrosamento e parceria. “A gente se sente fazendo parte de uma família, se divertindo e consequentemente trocando confiança para falar de Deus”, explica o pastor Felipe Canarin, distrital.

O Pastor Apolo Abráscio, presidente da Igreja Adventista no centro sul de Santa Catarina (Associação Catarinense – AC), visitou a região e elogiou as iniciativas. “Estar num ambiente com natureza exuberante, pessoas dedicadas e em um clima cristão, nos deixa com a sensação de estar no céu”, comparou. Em sua mensagem aos jovens ele falou sobre missão e o papel do jovem adventista no mundo atual, contando experiências de sua recente viagem ao Oriente Médio.

O Pastor Otacílio Porfírio, líder dos Jovens Adventistas – AC, também visitou os acampamentos. Ele comentou sobre a importância de ser referência. “Em um mundo de iguais, somos chamados a se distinguir pela posição firme ao lado do princípio correto. Não seremos referências se as pessoas não perceberem que somos diferentes”, destacou.

“Organizar um evento deste porte consome tempo, recursos e energias. Mas ver todos aqui sorridentes, orando juntas e passando tempo de qualidade em meio a natureza, compensa tudo. Vale a pena!”, ponderou Marian Barbosa, que juntamente com Fagner Muniz organizou um dos acampamentos.

O tempo foi bom em praticamente todos os dias em Lages, o que contribuiu para o êxito das atividades em ambos os acampamentos.

Com a colaboração de Jônatas de Souza Goulart

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox