Notícias Adventistas

Retiro feminino ressalta as mulheres como obra das mãos de Deus

Evento aconteceu no CATRE e reuniu 300 mulheres

9 de novembro de 2015

retiromm_091115_08“Nós somos obras de Deus. Ele nos acompanha desde o nosso nascimento e devemos permitir que ele continue sendo o guia da nossa vida, nosso mestre, porque somos obras de suas mãos”, comenta a professora Débora Abrascio. Obras de sua Mãos, esse foi o tema do retiro espiritual do Ministério da Mulher realizado pela Igreja Adventista na região Centro Sul de Santa Catarina. Foram 300 mulheres felizes por reservarem um fim de semana exclusivo para a comunhão com Deus.

A alegria em cada momento foi evidenciada nos rostos das mulheres. Mesmo sendo realizado no belo CATRE (Centro Adventista de Treinamento e Recreação) em Governador Celso Ramos, as mulheres preferiram ouvir as palestras do que aproveitarem apenas os locais de lazer. Entre os convidados esteve o ginecologista Frederico Vieira, que falou sobre a parte hormonal feminina. Já Raquel Vieira, psicóloga, destacou o enfrentamento das emoções: “A felicidade não estar em não ter problemas. Todos nós temos. A felicidade está em saber enfrentar essas dificuldades”, lembrou a profissional.

Ainda estiveram presentes Neila de Oliveira, editora e autora na Casa Publicadora Brasileira há 27 anos, a professora Denise Lopes, líder do Ministério da Mulher no Sul do Brasil e o casal de músicos Márcio Franks e Deise Jacinto.

A professora Débora Abrascio, líder do Ministério da Mulher na região, lembra de um grupo especial de participantes: “Tivemos algumas amigas que estão conhecendo a igreja adventistas. Fico feliz porque elas gostaram muito, inclusive uma veio comentar comigo que tudo foi um grande aprendizado e ela decidiu que irá se batizar em breve”.

Diana está a quase um ano na igreja e já levou pessoas para Cristo

Diana está a quase um ano na igreja e já levou pessoas para Cristo

Entre as pessoas presentes estava Diana Souza, da Igreja Adventista de Ouro Negro em Forquilinha (SC) e que se entregou a Cristo no final do ano passado. “Eu conheci a igreja através do chá evangelístico e hoje estou aqui, batizada e procurando ser mais atuante na minha congregação”, comenta Diana. No início do ano, em uma dinâmica do Treinamento Integrado, Diana foi desafiada a levar alguém para Jesus neste ano e decidiu orar por seu marido. “Eu orei muito, jejuei, fiz as quarenta madrugadas da jornada espiritual, até que meu marido mostrou abertura para apresentar a mensagem bíblica”, lembra.

Como resultado o marido de Diana foi batizado este ano, juntamente com sua filha mais velha. “Hoje toda a família vai a igreja, inclusive meu filho mais novo, de quatro anos”, explica Diana. A jovem adventista tomou agora outra decisão: “Aqui neste retiro aprendi a importância de cuidarmos dos nossos filhos. Ensinarmos eles nos caminhos de Deus. Por isso pretendo deixar outras atividades de lado e falar ainda mais para eles sobre Jesus”, explica.

“São mulheres assim, orando e cuidando da família, que tivemos aqui no retiro. Fico feliz por saber que a comunhão destas mulheres está sendo durante todo o ano em seus lares”, finaliza a professora Débora Abrascio. [Equipe ASN, Daniel Gonçalves]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox