Notícias Adventistas

Provas e investidura marcam segundo dia de campori de Desbravadores em Ituporanga

22 de novembro de 2014

10437341_1003520966341550_1268669323749589430_nItuporanga, SC… [ASN] O segundo dia de acampamento foi de intensa atividade para desbravadores do 1º Campori da Associação Norte Catarinense (ANC). Depois do desjejum, os adolescentes e jovens se deslocaram até o pavilhão principal onde ocorreu a segunda reflexão espiritual com o líder de Desbravadores na região central do Rio Grande do Sul, Samuel Camilo. À tarde, as diversas provas de acampamento e as chamadas especialidades, foram iniciadas. Já no período da noite, a esperada investidura dos participantes, nas categorias “líder”, líder master” e “líder master avançado”, também foi realizada.

Entre as provas da tarde, haviam atividades que testavam o lado físico, mental e espiritual dos participantes. Um dos exemplos foi a prova dos sinos, que consistia no desafio de um desbravador orientar um companheiro – que tinha os olhos vendados – a atravessar um percurso cheio de fitas sem tocá-las. Se isto ocorresse, pequenos sinos envolvidos nas fitas seriam tocados e o desbravador precisaria responder questões de conhecimento bíblico, antes de prosseguir.

Já a prova do cross, visava medir garra e força física dos desbravadores, ao longo de um percurso onde era inevitável rastejar na lama e até passar por baixo d’água, dentro do menor tempo possível. Além destas atividades, havia a corrida norueguesa, a orientação por bússola, cozinha ao ar livre e colocação dos itens em uma camisa do uniforme. A ordem unida, atividade executada em cerimônias e desfiles cívicos, também foi avaliada. Cada clube deveria apresentar uma evolução repleta de ordens – treinada de forma antecipada – durante um tempo pré-determinado.

Enquanto tais atividades ocorriam em pavilhões ou ao ar livre, outros clubes tinham seus uniformes avaliados por uma equipe responsável por garantir a identidade dos desbravadores. Ao mesmo tempo, no pavilhão principal, um representante por clube pôde, ainda, escolher especialidades para executar na sexta-feira, durante o Campori. Entre elas, haviam arco e flecha, libras e higiene bucal.

À noite, o pastor Elmar Borges, líder de Desbravadores para o Sul do Brasil, enfatizou o tema “Fiés até a morte” sob a perspectiva da história bíblica contida no logotipo: os três jovens que foram lançados em uma fornalha ardente por não concordarem em prestar culto a uma estátua de ouro – demonstrando, mais do que qualquer coisa, sua fidelidade a Deus. Para isto, Borges fez uma encenação com a ajuda de adolescentes voluntários e aproveitou para reforçar lições por meio de um dos nós, o Volta da Fiel, que não desata e constitui a base de uma amarração. A fidelidade dos três jovens fez com que, não queimassem um fio de cabelo sequer e, ainda, fossem protegidos pela presença do próprio Jesus.

Em seguida, ocorreu a investidura de 12 desbravadores nas categorias de “líder”, líder master e líder master avançado”. Saiba quem foram, clicando AQUI [Equipe ASN, Willian Vieira].

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox