Notícias Adventistas

Eventos

Pastor é ordenado no Vale do Paraíba

Ex-estudante de engenharia sentiu o chamado de Deus e hoje é pastor ordenado da IASD.


  • Compartilhar:

No dia treze de outubro de 1987 nascia Rafael de Andrade Affonso. No ano de 2014, Rafael decidiu servir à obra de Deus, e em 2017, se formou em teologia pelo Unasp campus Engenheiro Coelho. Deus vem guiando essa trajetória até aqui, e nesse sábado dia 16, Affonso foi ordenado como pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD). Para a IASD, a ordenação é a cerimônia que confirma o trabalho dos pastores, validando assim sua vocação para o ministério pastoral e o habilitando a realizar os ritos da igreja.

Pr. Rafael Affonso e Priscila são recebidos pelo corpo ministerial da APV

O ministério de Rafael na APV teve início durante seu período de formação em 2016, quando fez estágio na cidade de Caraguatatuba e no 4º ano de curso, na Igreja Central de Guarulhos. Em janeiro de 2018, Pr. Rafael, juntamente com sua esposa Priscila e seu filho Pedro de 2 anos, iniciaram oficialmente o trabalho na na Paulista do Vale. Trabalhou como pastor capelão nos Colégios de Cruzeiro, Lorena e Jacareí. No começo de 2021 foi trabalhar como pastor auxiliar na igreja do Jardim Esplanada em São José dos Campos.

De acordo com o Ministerial da Associação Paulista do Vale (APV), Mauricio Francisco de Lima, durante um período de 4 anos a igreja avalia o pastor e confere a ele essa habilitação, que seria a ordenação. “A ordenação é o momento em que a igreja reconhece que o pastor aspirante tem condição de realizar os ritos da igreja como o batismo e casamento e também desempenhar suas funções como um pastor distrital”, explicou.

Pr. Oliveiros Júnior, Presidente da APV, entrega o certificado da Ordenação para o Pr. Rafael Affonso

“O que mais me motiva a ser um pastor são as pessoas. É o amor e ver o evangelho sendo pregado e transformando a vida das pessoas, como transformou a minha e a da minha família”, relata o Pr. Rafael. Conforme o agora ordenado, o desejo se ser pastor surgiu quando ainda era juvenil e apenas visitava a igreja com seus pais. Depois de um tempo Affonso iniciou a faculdade de engenharia, e após 3 anos e meio de curso decidiu abandonar a faculdade e aceitar o chamado para se formar como pastor. “Em 2013, no final de uma semana de oração jovem, feita pelo Pr. Oliveiros Jr. (presidente da APV) em Guarulhos, eu senti o chamado forte. Naquele momento decidi ser pastor e fazer o curso de teologia. Então tranquei a faculdade, eu e minha esposa deixamos nossos trabalhos e a gente começou essa jornada”, descreve.

Conforme o Pr. Mauricio, a ordenação “é um momento pelo qual o pastor lutou. Meu sentimento é de realização com o colega, porque ele agora passa a fazer parte de um grupo de pastores que desempenham as mesmas funções que eu”, explicou. Para o Pr. Rafael, a cerimônia representa uma confirmação do ministério, um chamado real. “Foi um dia inesquecível, é um momento de muita humildade e satisfação por estar passando por tudo aquilo e vendo que Deus guiou nossa vida até esse momento”, conta.