Notícias Adventistas

Palestra reúne representante do Ministério Público e administradores escolares no RS

Aproximação auxilia na atualização dos conhecimentos da educação inclusiva

17 de agosto de 2018

Por Eduardo Teixeira

Diretores e tesoureiros das unidades gaúchas participaram do encontro

Durante a tarde da quinta-feira, 9 de agosto, a promotora de justiça regional da educação de Porto Alegre, Danielle Bolzan Teixeira, palestrou para o corpo diretivo e financeiro da Rede Adventista de Educação no Rio Grande do Sul.

O evento ocorreu na sede da Associação Sul-rio-grandense (ASR) na capital gaúcha. A promotora discutiu com os participantes, as questões voltadas para a avaliação da oferta de educação especial na perspetiva da educação inclusiva pelas escolas privadas de Porto Alegre.

Leia também

O convite para esse encontro partiu do advogado da ASR, Guilherme Rodrigues. “É preciso mais envolvimento, mais diálogos com parceiros do poder público. Isso proporciona crescimento no conhecimento de ambas as partes quando o assunto é educação”, comenta Rodrigues.

Promotora de Justiça Danielle Bolzan Teixeira palestra para os diretores

Entre os ouvintes, estava o advogado da Igreja Adventista que coordena o departamento jurídico no sul do país, Daniel Trentin. E ele também reforça os aspectos positivos dessa discussão. “O compartilhamento dos saberes é essencial para autoanálises das práticas. É assim que se gera desenvolvimento e um melhor atendimento à comunidade”, explica Trentin.

De acordo com a promotora, a aproximação foi benéfica para colaborar no sucesso escolar, no desenvolvimento integral das crianças e na preparação para a cidadania. “O Ministério Público precisa também se deslocar para atuação de indução, das políticas, e de correção de procedimentos  pra chegar em efetivação dos direitos constitucionais previstos”, detalha Danielle.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox