Notícias Adventistas

Mulheres são alertadas em congresso sobre conteúdos de entretenimento

Intitulado Final Feliz, o evento abordou sobre os perigos das mensagens transmitidas em filmes, séries e livros.

11 de outubro de 2016
O evento contou com mais de 850 participantes, tendo representação de todo o território da Associação Sul Paranaense.

O evento contou com mais de 850 participantes, tendo representação de todo o território da Associação Sul Paranaense.

Curitiba, PR…[ASN] O Congresso do Ministério da Mulher no sul do Paraná surpreendeu as mais de 850 participantes, no último sábado (8), no Auditório Nepomuceno de Abreu, em Curitiba. Ao invés da abordagem sobre assuntos convencionais como autoestima, saúde, família, relacionamento, entre outros, o evento, intitulado Final Feliz, trouxe um diferencial, enfatizando a questão das reais mensagens transmitidas por meio de filmes, séries e livros.

Neila de Oliveira apresentou uma análise de filmes, livros e desenhos que estão entrando nos lares.

Neila de Oliveira apresentou uma análise de filmes, livros e desenhos que estão entrando nos lares.

Mesmo muitas vezes não sendo o público-alvo dos conteúdos produzidos pela indústria do entretenimento, a ideia é que cada mulher seja uma influenciadora para alertar outros à sua volta, principalmente os adolescentes e juvenis que são o principal alvo. “Muitos devem pensar: ‘o que eu estou fazendo aqui?’ Este ano a proposta foi diferente. Elas estão acostumadas a ouvir sobre outros assuntos, mas dessa vez queremos que elas entendam que para termos um final feliz precisamos salvar não apenas a gente, mas também a nossa família e igreja. Elas estão cercadas de adolescentes, crianças e jovens, e precisam saber o que eles estão assistindo”, explica a líder do Ministério da Mulher na região, Keila Marques.

As palestras foram ministradas por Neila de Oliveira, editora da Casa Publicadora Brasileira (CPB), que trouxe temas atuais, fazendo uma análise crítica sobre as verdadeiras intenções de filmes e livros. Segundo ela, a Bíblia e os livros escritos pela profetiza Ellen White são o segredo para não cair no engano e escolher com sabedoria o que assistir ou ler. “É preciso tornar a Bíblia um livro interessante para as pessoas, já que as melhores histórias estão na Bíblia! E é por isso que Satanás se inspira em muitas cenas que são descritas ali. Temos que ensinar a Bíblia pura da forma correta. Isso ajudará a fechar o acesso do inimigo. Ellen White em seus livros também esclarece muita coisa que está acontecendo hoje. Só vamos saber disso, se a gente buscar ou ler”, argumenta.

A ideia é que cada mulher seja uma influenciadora que alerte sobre os perigos dos conteúdos a mais pessoas que elas tenham contato.

A ideia é que cada mulher seja uma influenciadora que alerte sobre os perigos dos conteúdos a mais pessoas que elas tenham contato.

Para Tuânia Chaves, este tema é pertinente ao público feminino, uma vez que a mulher possui um papel fundamental na família e também na comunidade que está inserida. “Para mim, esse tema foi uma surpresa, mas não deixa de envolver a mulher também, porque ela é um dos pilares mais importantes para dar equilíbrio e rumo à família. São informações que a gente precisa saber enquanto irmã, mãe e avó, para termos uma noção do que temos vivido e com o que os nossos juvenis e adolescentes têm sido expostos, para sabermos como protegê-los”, acredita a participante.

O evento também ressaltou a importância da comunhão, do relacionamento e da missão para se obter um final feliz. “Tudo teve um começo, mas o nosso final feliz chegará quando Jesus voltar”, conclui Keila. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin /  Fotos: Jaime Costa]

Confira a galeria de fotos em nosso Facebook.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox