Notícias Adventistas

Líderes paulistas de desbravadores e aventureiros participam de treinamento

Cerca de 280 pessoas participaram do evento que aconteceu entre os dias 6 e 8 de março. O foco foi o serviço a Deus e à comunidade.

Por Jhenifer Costa 10 de março de 2020

Na foto, estão os líderes de Desbravadores e Aventureiros.

Entre os dias 6 e 8 de março, aconteceu o VI Concílio de Regionais de Desbravadores e Aventureiros do estado de São Paulo no Centro de Treinamento Adventista, em Araçoiaba da Serra-SP. Cerca de 280 pessoas participaram, com representantes das oito regiões do território paulista. O evento contou com mensagens espirituais e motivacionais, além de palestras sobre finanças pessoais e outros conteúdos voltados ao trabalho dos líderes para o próximo ano.

Leia também:

O concílio foi organizado pelo líder estadual (na União Central Brasileira), pastor Paulo Fernandes. Como em todos os anos anteriores, o foco continua sendo no serviço à sociedade e na manutenção da espiritualidade dos participantes. “No Campori, por exemplo, o líder está preocupado com os desbravadores ou aventureiros. Por isso, nesse evento pensamos em oferecer todo conforto e conteúdo para ele, pois é muito merecido”, explica Fernandes. Os líderes são voluntários, por isso todo o programa foi oferecido gratuitamente pela Igreja Adventista paulista.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O trabalho realizado durante o ano é bem complexo e cansativo, mas também recompensador, segundo o empresário e líder voluntário Victor Camargo. Ele atua há quase quatro anos na região oeste do estado e se esforça para aprender coisas novas e aplicar na sua realidade. Além dele, seus filhos e esposa também participam do Clube de Desbravadores. “É um amor de infância. O Clube de Desbravadores é muito importante para mim”, complementa.

Segundo o líder sul-americano dos Ministérios de Desbravadores e Aventureiros, pastor Udolcy Zukowski, os projetos no estado estão seguindo o principal foco: servir a Deus e à comunidade. Sobretudo, para os próximos anos, o líder deseja que os “participantes estejam cada vez mais envolvidos com a missão e tenham uma vida plena de comunhão com Deus.”

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox