Notícias Adventistas

Lages celebra 166 anos da Escola Sabatina

Comemoração teve a presença se adventista presente na primeira reunião da Escola Sabatina na cidade, há 70 anos

Por Daniel Gonçalves 22 de outubro de 2019

Igreja Adventista de Lages foi iniciada com uma Escola Sabatina em 1949 na cidade

As congregações adventistas comemoraram neste mês de outubro os 166 anos da Escola Sabatina e Lages foi um dos destaques destas celebrações. A cidade da serra catarinense resgatou a parte história e focou no futuro para salientar a importância deste ministério. E para os adventistas do município, a Escola Sabatina tem uma importância a mais: “A primeira Escola Sabatina aqui aconteceu em 1949 ela foi o início da Igreja Adventista em Lages”, salienta Jônatas Goulart, um dos líderes da igreja local.

Hoje são seis igrejas na cidade e tudo começou há 70 anos. “Aquela Escola Sabatina realizada em 1949, na sala de visitas da residência da família Ranzolin, foi o início da igreja aqui. Teve primeira uma Escola Sabatina e depois uma igreja adventista oficialmente. Com fé, coragem e determinação, um templo foi construído e a inauguração aconteceu em 1956”, acrescenta o pastor Filipe Canarin, distrital. Fatos como esses foram recordados na programação especial em Lages, realizada no dia 19 de outubro.

Um sentimento de saudosismo reafirmou a esperança dos adventistas: “A história é a mesma. Mas contá-la é reafirmá-la, escrevendo nossa parte hoje”, frisou Amilton Werlich, professor de história e adventista da cidade. O destaque do programa ficou por conta da presença de Anita Heiden, presente na primeira Escola Sabatina em Lages. “Nossa responsabilidade consiste em perpetuar essa história, para que ela continue sendo bem escrita por nossos filhos e netos”, ponderou Ricardo Winter, neto de Anita.

“Esta escola ajuda a manter a unidade doutrinária da Igreja, fortalecendo a convicção pessoal, a fé em Cristo, ao mesmo tempo em que estimula a missão. Missão está exercida através da comunhão, do relacionamento, e do discipulado”, finalizou o pastor Canarin.

Com a colaboração de Jônatas de Souza Goulart

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox