Notícias Adventistas

Igreja realiza um “Drive Church” no interior de minas

Por Bruno Quaresma 17 de junho de 2020

Drive Church é realizado ao lado da Rodovia Rio-Bahia

O cenário são os grandes estacionamentos no Estado do Texas nos EUA durante o pós-segunda guerra mundial. A princípio vazios, com uma imensa parede branca à distância. Os portões se abrem e em questão de minutos as vagas desocupadas agora se enchem de motoristas que se reúnem com suas famílias nos chamados cinemas “Drive-in”. Muito populares entre as décadas de 1940 e 1960 principalmente nos Estados Unidos, os “Drive-in Theaters” eram a alternativa de vários pais para passarem um tempo com seus filhos. Enquanto o filme era transmitido em um telão, a família poderia assistir do conforto e privacidade de seus carros.

Uma alternativa tão popular no século passado que foi se perdendo à medida que novos locais seriam abertos para reuniões de jovens e familiares. Não é mais notícia que o planeta atravessa uma das maiores pandemias de sua história. A notícia aqui é como um distrito se uniu em uma pequena cidade do Leste de Minas Gerais e aproveitou uma ideia antiga para fazer a diferença e continuar se reunindo durante os tempos de distanciamento social.

Conduzido pelo distrito da Lajinha, em Teófilo Otoni, o chamado “Drive Church” foi o modo encontrado pela liderança para “reunir” a comunidade em segurança: “O nosso Drive Church foi uma alternativa que encontramos para poder levar os irmãos de volta à adoração coletiva”, explica o pastor distrital Aníbal Gil Soares. Ele conta que o evento foi completamente interno da Lajinha, contou com a autorização da prefeitura e seguiu as normas de distanciamento social. “Eu senti a presença de Deus”, conta o ancião da Igreja Central de Lajinha, Elismar de Souza, participante e organizador do evento. “E os irmãos com quem eu conversei depois também sentiram”.

Cerca de 75 veículos foram inscritos para o evento

Para a liderança das igrejas envolvidas era importante que a comunidade entendesse tanto a mensagem do culto quanto a seriedade da pandemia. Seguindo todas as restrições e protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades, a igreja se reuniu com suas famílias em um campo de futebol às margens da Rodovia Rio-Bahia. Cada família permaneceu dentro da segurança de seu veículo, todos com máscaras, e com álcool em gel de prontidão. Cada veículo foi separado por uma distância de três metros entre si. “Levamos os irmãos a entender que a Igreja Adventista segue as orientações das autoridades para o nosso bem”, comenta o pastor Soares. “O Drive Church seguiu medidas mais restritas que os estacionamentos comuns”.

Um solene momento de adoração foi então conduzido a partir das 16 horas do sábado dia 16/06, e se estendeu até as horas do pôr do sol. Dois palestrantes, os pastores Marcos Shultz e Elias dos Santos falaram sobre esperança durante o período difícil que estamos vivendo. Com apenas dois dias de divulgação, os irmãos se uniram para realizar o evento. Cerca de 75 veículos, previamente inscritos, e 170 pessoas se reuniram, sem aglomerações, para este momento de adoração em família ao ar livre.

O evento se estendeu até o horário do por do sol

Edinardo Miranda, gestor de recursos humanos, foi um dos organizadores do Drive Church. Ele analisa que ainda não tem como saber quando ou se iremos voltar à normalidade.  “Então ou a gente para e nada acontece ou a gente procura outros meios para que possamos continuar com a nossa adoração”. Ele ainda deixa claro que embora não houvesse contato físico entre os irmãos, foi possível reunir várias famílias, mesmo diante de todas as limitações.

Segundo Miranda, os irmãos têm saudade uns dos outros. Ele ainda deixa claro que o distrito da Lajinha pretende tornar esta ideia em um evento recorrente durante o período de distanciamento social.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox