Notícias Adventistas

Igreja no ES participa de projeto de prevenção e diagnóstico do câncer de mama

Palestras e mamografias gratuitas fizeram parte da programação em alusão à campanha Outubro Rosa

Por Ayanne Karoline 10 de outubro de 2019

Cerca de 300 mulheres puderam assistir palestras e fazer mamografia gratuita. (Foto: Arquivo Pessoal)

Mais de 1.400 mulheres foram a óbito no Espírito Santo, entre 2015 e agosto de 2019, com diagnóstico de câncer de mama, de acordo com o Sistema de Informação de Mortalidade da Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa). A previsão do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é que o Estado registre 1.130 novos casos da doença, no período de 2018-2019.

Pensando na problemática, o banco Sicoob promove na cidade de Baixo Guandu, o projeto Prevenir –  para o mês de outubro, com foco na prevenção e diagnóstico do câncer de mama. Há dois anos, a Igreja Adventista da cidade se tornou parceira nas ações. Na última terça-feira (8), no pavilhão da igreja, cerca de 300 mulheres puderam fazer mamografias gratuitas, além de participar de palestras educativas em alusão à campanha Outubro Rosa.

O conteúdo chegou à bancária Marceliana Ponati, que “ligou o alerta” para a importância da prevenção. “ Acho muito importante este evento, pois prevenir é o melhor remédio. Consegui obter informações e ter mais conhecimento sobre a doença e como me cuidar”, contou.

Já a técnica contábil Tarciana Braga destacou a necessidade de lembrar que a prevenção deve acontecer o ano todo, não só no mês específico da campanha. “ As mulheres precisam fazer disso uma rotina, para evitar a doença”, lembrou.

O evento aconteceu no espaço da Igreja Adventista de Baixo Guandu. (Foto: Arquivo Pessoal)

O projeto

Diagnosticar e prevenir! Esses são os objetivos do projeto que já existe há seis anos em Baixo Guandu. “Selecionamos as mulheres para ganhar o exame gratuito e para que possam adquirir conhecimentos de prevenção através das palestras”, contou a gerente local do Sicoob, Adriana Lopes.

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu é parceira atuante no projeto, que já tem seu destaque no calendário de atividades da Secretaria de Saúde. “ Queremos levar prevenção às mulheres guanduenses, com objetivo de diminuir as tristes estatísticas”, explicou a secretária de Saúde da cidade, Terezinha do Carmo Bolzani.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox