Notícias Adventistas

Eventos

História de soldado alemão é tema de Campori

O IV Campori da ARF "Mil Cairão ao Teu Lado" foi inspirado no livro da história de Franz Hasel, alemão adventista que serviu no exército de Hitler.


  • Share:
campori-desbravadores-peça

Todas as noites, trechos da vida de Franz Hasel foram encenados.

Saquarema, RJ... [ASN] O IV Campori da Associação Rio Fluminense (ARF) reuniu cerca de 1400 desbravadores, no Centro de Treinamento de Desbravadores (CTD) em Bacaxá, Saquarema, de 4 a 7 de setembro. O evento teve como tema "Mil Cairão ao Teu Lado" inspirado no livro da história de Franz Hasel, alemão adventista que passou inúmeras provações ao servir no exército de Hitler.

Todas as noites um capítulo do livro foi encenado com o objetivo de emocionar e fortalecer a fé dos participantes. Seguindo o exemplo do soldado 15 desbravadores decidiram permanecer firmes ao lado de Cristo e escolheram a ocasião para tornar pública sua fé, através do batismo. Também foram investidos  4 líderes em lenço e 5 em líder master.

campori-desbravadores-bom-de-biblia

Primeiros colocados do Bom de Bíblia recebem prêmios.

O evento - que acontecerá de 5 em 5 anos a nível de associação, "é uma celebração das atividades que os desbravadores realizam em seus clubes e uma motivação para crescerem", explica o líder de desbravadores da ARF, pastor Filipi Ribeiro. Neste grande acampamento, os clubes montam toda a infra-estrutura necessária e participam das atividades propostas pela organização. Com o objetivo de alcançar a colocação Ouro, os 50 clubes começaram a se preparar pelo menos um ano antes, cumprindo todos os pré-requisitos. Todo esse esforço resultou em um crescimento de 25% de desbravadores na ARF.

Uma das atividades foi o Bom de Bíblia que envolveu mais de 2 mil desbravadores nas etapas que antecederam o Campori. Na última prova realizada ao vivo os três primeiros colocados foram premiados. Segundo Felipe Saraiva, líder regional e idealizador do projeto a "o Bom de Bíblia, muito mais que uma competição, é uma forma de motivar os desbravadores a lerem e descobrirem a Palavra do Deus". Segundo ele a próxima edição terá um concurso voltado também para a diretoria.

No sábado pela manhã cada clube visitou uma casa do pequeno distrito de Bacaxá. As 50 famílias receberam orações, músicas e literatura. No sábado à noite 3 delas assistiram à programação no acampamento.

campori-desbravadores-visita

Cada clube visitou uma casa da cidade e ofereceu musicas, orações e literatura.

Para atender os participantes, planejar e executar todas as atividades aproximadamente 200 voluntários estiveram à disposição durante todo o tempo. Adriana Schumacker, diretora do Clube Caledônia, já participou de 6 Camporis e afirma que este ficará marcado para sempre não só na memória dos desbravadores, mas também da diretoria, pois  "foi a primeira vez que o diretor foi colocado à prova. Pudemos superar nossos limites e ter a certeza de que Deus nos capacita a cada dia mais. Sem dúvida um dos melhores camporis", frizou.

Para os desbravadores cada momento foi intenso e apesar da chuva nada abalou a animação deles. Anna Rocha, do clube Araribóia, diz ter sido uma experiência de vida única. "Aprendemos a trabalhar em equipe, ter mais contato com Deus, com a natureza, conhecer pessoas novas, coisas novas. Foi maravilhoso, eu adorei", concluiu Anna.

As músicas da cantora Marcia Layane animaram e emocionaram durante as programações noturnas. As mensagens especiais foram conduzidas pelo pastor Heberson Licar que, literalmente, levantou vôo e prendeu a atenção dos juvenis.  Após os 4 dias intensos os desbravadores voltaram para casa com a certeza que "mil cairão ao lado" mas eles não serão atingidos. [Equipe ASN, Priscila Cardinot e Tatiana Buitrago]

Para ver mais fotos clique aqui.