Notícias Adventistas

Funcionários de escolas adventistas no Paraná são orientados sobre prevenção de acidentes

O treinamento é oferecido pela CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

24 de outubro de 2014
Os representantes tiveram aulas práticas sobre incêndios, tipos de extintores e como manusear os equipamentos.

Os representantes tiveram aulas práticas sobre incêndios, tipos de extintores e como manusear os equipamentos.

Curitiba, PR… [ASN] Funcionários das escolas adventistas de Curitiba, Paranaguá e União da Vitória, participaram nesta semana, 20 a 22 de outubro, do treinamento que visa a prevenção de acidentes e doenças no ambiente de trabalho. O evento faz parte da CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes que acontece anualmente, e orienta todos os servidores representantes das unidades escolares.

O curso, com 20 horas de duração, expôs ensinamentos práticos e teóricos, como treinamentos de segurança, primeiros socorros, brigada de incêndio, entre outros tópicos que são focados na segurança dos funcionários.

“A CIPA tem como dinâmica, identificar os possíveis riscos de acidentes e doenças no ambiente de trabalho e trazer métodos para eliminar totalmente esses riscos ou minimizá-los”, explica o coordenador do treinamento, Jessé Araújo.

CIPA

Cerca de 50 representantes das escolas de Curitiba, Paranaguá e União da Vitória participaram do treinamento.

A Clínica Adventista de Curitiba é a entidade responsável por realizar esse treinamento. Além disso, fica sob sua responsabilidade gerenciar, inspecionar e orientar os ambientes como escolas, internatos ou instituição pertencente à sede administrativa da Igreja Adventista no Sul do país.

Altiery Kümpel, diretor da Clínica informa que cada unidade escolar possui seus representantes da CIPA, nomeados, eleitos e formados pelos próprios funcionários. No treinamento, essas pessoas são orientadas, e através do certificado recebido ao final do curso, elas têm a autonomia de exercer os procedimentos como um membro da CIPA. “Essas pessoas são as responsáveis por multiplicar as informações que são recebidas no treinamento aos demais colegas de trabalho. Uma vez por mês eles se reúnem na escola para avaliar os riscos do ambiente ou planejar ações e medidas de prevenção de acidentes”, esclarece.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes vem do Ministério do Trabalho, possuindo 36 normas regulamentadoras – todas elas passadas aos participantes. No treinamento, enfatiza-se a Norma Regulamentadora 5 (NR5).

Jessé revela que no treinamento os representantes foram desafiados a criarem a CIPINHA, voltada para às crianças. Uma maneira de conscientização e preparo sobre acidentes e doenças desde cedo. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox