Notícias Adventistas

Festa das Primícias: Igreja lança projeto de adoração para 2021

Por Pedro Farias 16 de novembro de 2020

A festa contou com a participação de todos os diretores do Ministério da Fidelidade da Bahia e Sergipe e alguns administradores da Igreja (Foto: Ivo Araújo)

Nos tempos bíblicos, a Festa da Sega, também chamada de Festa das Primícias, era o momento onde os israelitas ofereciam a primeira colheita do trigo da primavera em Canaã. Era uma expressão da nova vida dos israelitas na terra prometida por Deus, depois do livramento do cativeiro no Egito. Com este pensamento, líderes e membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia lançaram o projeto “Festa das Primícias” para toda região da Bahia e Sergipe. O evento apresentou uma novidade na agenda de adoração a ser desenvolvida no próximo ano pelo Ministério da Mordomia Cristã, área responsável por motivar a fidelidade dos adventistas. A celebração de lançamento aconteceu no sábado, 14 de novembro, no templo central de Juazeiro, BA, a 502 Km de Salvador.

O objetivo do projeto é incentivar a adoração e a entrega entre os adventistas através da vida pessoal, o que inclui família, tempo, recursos e talentos. Segundo o pastor Luciano Salviano, diretor de Mordomia Cristã da União Leste Brasileira – sede adventista para Bahia e Sergipe -, a celebração é uma renovação de compromissos. “Hoje nós estamos resgatando de maneira simbólica a Festa das Primícias, a fim de que todo membro da Igreja tenha a oportunidade de uma vez por ano renovar seu compromisso de comunhão, de fidelidade e missão para com Deus. Esperamos que através desse projeto, tenhamos uma Igreja com mais comunhão, mais unida, amorosa, missionária, fiel e preparada para a volta de Jesus”, declarou.

Os adventistas puderam entregar cestos cheios de frutas no altar da Igreja, representando fidelidade e dedicação do melhor para Deus (Foto: Ivo Araújo)

A cerimônia foi ministrada com louvor, apresentação de crianças, mensagens inspiradoras e batismo. O presidente da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe, pastor André Dantas, participou da celebração e se admirou com o que viu na Festa das Primícias. “Eu fiquei muito feliz em participar desse programa, pois fez alusão a uma festa antiga em Israel, onde as pessoas traziam os primeiros resultados do que colhiam. Fiquei muito feliz em ver os irmãos participando e acredito que este programa na área da mordomia cristã será uma grande benção na vida espiritual dos membros da Igreja e na União Leste Brasileira”, declarou.

O evento faz parte de uma série de atividades institucionais da liderança da Igreja para Bahia e Sergipe acontecendo na região norte da Bahia, que inclui a inauguração da nova sede administrativa da Associação Bahia Norte, escritório administrativo adventista para este território, e a realização do concílio da União Leste Brasileira, agendados para a próxima quarta-feira (18 de novembro).

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox