Notícias Adventistas

Ex-presidiário se torna mensageiro da esperança

Funcionários de sedes administrativas da Igreja Adventista participam do Impacto Esperança 2016

26 de abril de 2016
Sila da Conceição entrega livro missionário Esperança Viva.

Sila da Conceição entrega livro missionário Esperança Viva.

Ilha de Cotijuba, PA… [ASN] Sila da Conceição tem uma história que desafiava qualquer expectativa. De uma família humilde, analfabeto, o jovem paraense queria mostrar que era diferente, buscando no crime suas chances de deixar uma vida de infortúnios. Ainda jovem, na década de 70, ele foi preso e mandado até a Ilha de Cotijuba, no Pará, local que na época era famoso por confinar prisioneiros perigosos e que nem sempre saíam vivos de lá, mas ele foi uma exceção. Apesar de passar por outras prisões pelo Brasil a vida dele mudou de rumo e Sila virou um empreendedor de sucesso, através de negócios como uma empresa de táxi, construção civil e no ramo imobiliário nos Estados Unidos da América.

Ainda sentindo que lhe faltava algo na vida, mesmo com tudo o que já havia conquistado, Sila cedeu um de seus empreendimentos na capital paraense, Belém, para que fosse um ponto de estudo da bíblia, o que o fez participar desses estudos.

No dia 26 de abril desse ano ele teve a oportunidade de voltar a Ilha de Cotijuba, porém em outras circunstâncias. Aquele que ali foi prisioneiro agora leva esperança através dos livros missionários – Sila participou do Impacto Esperança 2016. O projeto foi realizado pelos funcionários do escritório da Missão Pará Amapá e da União Norte Brasileira e distribuiu aproximadamente três mil livros aos moradores da localidade.

“Para darmos início ao grande programa missionário Impacto Esperança 2016, nós convidamos os servidores do nosso escritório para experimentarem antecipadamente as emoções missionárias desta campanha. Desta forma nossas 340 igrejas terão uma amostra do que as aguarda daqui a poucos dias”, afirma o pastor Moisés Batista, presidente da Missão Pará Amapá

“Depois de 46 anos, voltar a esta Ilha e de uma forma diferente, trazendo o evangelho, é uma sensação inexplicável. Hoje posso trazer a palavra de Deus através desse livro e isso me causa uma alegria muito grande. Da mesma forma que eu fui transformado sei que Deus pode transformar as pessoas que aqui moram”, conclui Sila. [Equipe ASN, Leonardo Leite]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox