Notícias Adventistas

Evento reúne mil mulheres na Fadminas

No evento, mais de 150 mulheres foram investidas e fizeram o compromisso de pregar o evangelho.

12 de novembro de 2014
Ao final do encontro, centenas de mulheres aceitaram liderar séries de evangelimo em 2015

Ao final do encontro, centenas de mulheres aceitaram liderar séries de evangelimo em 2015

Lavras, MG… [ASN] Mais de mil mulheres se encontraram na Fadminas, em Lavras, sul de Minas Gerais, no último domingo, 9 de novembro. A causa do encontro foi o que motivou essas mulheres a percorrerem horas de viagem e algumas a sairem às 4h da manhã de casa, levando em consideração que o evento iniciou às 9h.

De jovens à mais experientes, as mulheres participaram da Celebração das Mensageiras da Esperança, que contou com palestras de pastores responsáveis por áreas da sede administrativa da Igreja Adventista para o sul de Minas Gerais (Associação Mineira Sul). Além deles, o presidente da sede, pastor Gustavo de Sá, a diretora do Ministério da Mulher do escritório da Igreja Adventista para o leste de Minas (Associação Mineira Leste), Marly Reis, e a responsável pelo Ministério da Mulher nos estados do RJ, ES e MG, Sara Lima, dialogaram sobre o papel da mulher cristã na pregação do evangelho.

Para a parte musical, alguns integrantes do grupo Novo Tom estiveram presentes e apresentaram composições atuais no evento. Outro momento que prendeu os olhares do público foi a investidura de mais de 150 mulheres, representando o compromisso de cada mulher de ser missionária diariamente, e de fazer a diferença na vida das pessoas que as rodeiam.

O encontro deixou claro o objetivo proposto do início ao fim. “Nós precisamos terminar a obra, estar dispostas a pregar, mas tenham a certeza que o amor de Deus nos prepara para isso”, afirma Marly, em sua palestra.

E essa mensagem parece que ficou clara na mente de Daniela Oliveira, que viajou três horas para acompanhar o evento. “A nossa vida é muito corrida, são muito os compromissos, mas, mesmo com todos os afazeres, precisamos terminar de pregar o evangelho e colocar em nossa vida o que realmente é prioridade”, admite.

Segundo a organizadora do evento e responsável pelas mulheres no sul mineiro, Edjânia Oliveira, o trabalho das mulheres tem feito a diferença na região. Elas podem ser conferencistas, apoiar a igreja em diversas áreas e ser atuante na missão. [Equipe ASN, Vanessa Lemes]

Fotos: Pablo Melo

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox