Notícias Adventistas

Campal do Mutuca reúne igrejas do interior do Amazonas

24 de maio de 2016
IMG_4009

Cenário do palco foi destaque na abertura da Campal 2016

Autazes, AM… [ASN] Cenário arrumado, palco em ordem, iluminação no ponto. Parece ambiente de uma quadra de esporte ou de um grande ginásio, porém essa arrumação foi feita no meio da floresta amazônica para a abertura da Campal do Mutuca, localizada em Autazes no interior do Amazonas, iniciada na última quarta-feira, 18 e estendida até o final de semana, 21.

Rodeado pelo rio mutuca, o qual deu nome ao local, a Campal do Mutuca reúne anualmente cerca de cinco mil pessoas. Este ano não foi diferente; barcos, lanchas e até casas flutuantes estavam presentes ali, o que não é surpresa, pois o único caminho possível é por entre rios.

IMG_3998

Cultos e palestras incentivavam o estudo da Bíblia

Foram 4 dias de extensa programação. O descanso na rede foi trocado por cadeiras, papel, caneta e Bíblia na mão. Todos os dias, os encontros começavam no culto da madrugada e durante a manhã e a tarde palestras e estudos. O pastor Wiglife Saraiva, presidente da sede administrativa para os estados do Amazonas e de Roraima, contou o objetivo de se fazer uma campal, mesmo em período letivo do ano. “É necessário um encontro como este para que as pessoas de regiões mais interioranas, em que o acesso é primariamente através de rios, possam se reunir a fim de aprender mais sobre as doutrinas da igreja, para se aprofundarem em estudos bíblicos e para conhecer os projetos que serão feitos durante o ano. Pra eles é mais fácil vir pra essa campal, do que se deslocarem para a capital e eles são bastante participativos, gostam muito”, disse.

Nesse ínterim também sobrava tempo para algumas pausas com intenção de renovar as energias e se refrescar do calor que ali fazia. A escolha era certa: brincar no rio. Água gelada, melhor pedida para combater o suor. E até quem nunca tinha acampado desse modo, se rendeu à brincadeira, como Demetrio dos Anjos, um dos palestrantes do evento. “Eu saí do frio de Curitiba direto para o calor do Amazonas e eu estou muito feliz porque só aqui eu tenho oportunidades como estas, nadar em rio, dormir em rede e ficar em contato direto com a natureza”, falou animado.

Leia Também: Renovação de votos marca encontro de casais

IMG_4117

24 batismos foram realizados no dia da abertura da Campal

Entre momentos de lazer e profunda reflexão na palavra de Deus, deu para se notar o envolvimento dos participantes em buscar conhecimento cristão e praticar o serviço do amor ao próximo, como disse Alexandro Rodrigues, pastor e co-organizador da campal.”É bom ver os adventistas voltando para casa entendendo o significado de uma campal como essa. Eles voltam para casa mais perto de Deus. Também é bom ver quando outros escolhem estar ao lado de Cristo através do batismo”, pontuou. No decorrer da programação, 104 pessoas foram batizadas.[Equipe ASN, Giovanna Bonilha]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox