Notícias Adventistas

Escolas adventistas promovem o “drive-thru da saudade” para integrar alunos e professores

A iniciativa é uma forma de reduzir a ansiedade das crianças neste momento de distanciamento social e inventivo para os alunos nas aulas on-line.

Por Eber Pola 21 de agosto de 2020

Na unidade de Hortolândia o movimento foi o dia todo com grande volume de carros

Gabriela Reis Camargo, de 8 anos, é aluna do Colégio Adventista de Hortolândia. Ela não vai à escola desde março, quando foram suspensas as aulas. Como o exemplo de Gabriela, os alunos estão eufóricos para voltar a sua escola. Em muitos casos, aulas on-line causam muita ansiedade, uma vez que a presença física do professor e colegas é fundamental no desenvolvimento social do aluno.

Por causa disso, professores e funcionários das 7 unidades escolares, da Rede Educacional Adventista da região sudoeste paulista, se uniram para promover uma ação onde os alunos pudessem ver seus professores pessoalmente, mesmo estando dentro dos carros e usando máscaras de proteção. Cada unidade montou o seu cenário com muita criatividade usando balões coloridos, música, ilustrações e muita simpatia por parte dos envolvidos nas ações.

A unidade de Indaiatuba realizou o drive-thu do Dia dos Pais

No Colégio Adventista de Hortolândia, com 900 alunos, o evento chamou a atenção da mídia externa da região. O diretor da unidade, Alan da Silva, disse que os professores também sentem falta do ambiente escolar e dos alunos. “Foram momentos emocionantes de reencontro entre pais, alunos e professores. Muitos choraram de saudade e alegria. Uma forma de diminuir a ansiedade dos alunos e deixar uma mensagem de que tudo logo vai passar”.

Momento de Felicidades

Na unidade de Sorocaba a rua se transformou no drive-tru, com muito colorido

A professora do Ensino Fundamental da unidade Itararé, Gislaine de Campos Bueno Santos, há 20 anos trabalha na área educacional. Ela conta que o drive-thru proporcionou um sentimento muito especial de troca de carinhos. “Como foi maravilhoso ver de perto os olhinhos dos meus alunos brilhando e dizer que eles têm um lugarzinho guardado no meu coração, embora estando distantes fisicamente”, declarou.

Para o diretor da Rede Educacional Adventista na região sudoeste do estado de SP, Washington Alencar, o distanciamento social proporciona muita nostalgia. A passagem dos alunos de carro pelo drive-thru confirma que as escolas, ainda que fisicamente distantes, estão muito perto. “Os alunos não passaram pelas unidades para receber um abraço físico, mas um abraço de emoções, acompanhado de muitas lembranças boas. Atitudes simples que fazem a diferença na vida das famílias e dos educadores”, ressalta.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox