Notícias Adventistas

Escola de Esperança treina líderes de igreja

Capacitação completa 9 anos.

Por Priscila Baracho Sigolin 10 de junho de 2019

Líderes e professores da Escola Sabatina durante o primeiro módulo (Fotos: Alex Simões).

Em 2010, a capacitação para professores e líderes da Escola Sabatina (C-PLES), teve início no território da região norte e centro-oeste do Amazonas. O projeto cresceu e em 2013 passou a fazer parte da igreja adventista em toda a América do Sul. Nestes 9 anos de trabalho, cerca de 4 mil líderes receberam treinamento para aperfeiçoar cada vez mais o trabalho da Escola Sabatina. Em 2019, o nome C-PLES foi substituído por Escola de Esperança, nome oficial utilizado pela igreja na América do Sul.

Cerca de 4 mil líderes já foram capacitados durante os 9 anos do projeto (Fotos: Alex Simões).

No último domingo (09), na abertura do primeiro módulo, os participantes foram incentivados a viver as características de um verdadeiro líder. Durante a meditação, o pastor Hely Pacheco, secretário da região, destacou a importância de se passar tempo com Deus e também amar os liderados. Além disso, os líderes também assistiram duas palestras que abordaram os temas de “Liderança Servidora”, com o pastor Sérgio Alan, presidente da igreja na região e o tema “O que é igreja”, com o pastor Ricardo Coelho.

Orley Freitas é líder da Escola Sabatina há 2 anos. Para ele, o primeiro módulo trouxe mais informações e foi excelente. “Aprendemos muito mais para trabalhar de uma maneira melhor. Penso que se reciclar é fundamental para instruir com mais destreza”, explica. Este ano a Escola de Esperança terá 4 módulos. Os temas vão abordar diversos assuntos como a missão da igreja, liderança compartilhada, como ter novos ministérios na igreja, entre outros. Para o líder da área na região, pastor Ataíles Magalhães, o treinamento incentiva os líderes a dividir o conhecimento. “Assim eles fazem novos líderes, potencializando a missão da igreja”, destaca.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox