Notícias Adventistas

Equipes de Reavivamento Espiritual são capacitadas no CATRE

EDREs do centro sul de Santa Catarina foram capacitadas e motivadas neste fim de semana

2 de julho de 2018

Pastor José Santos ora com equipes distritais

Por Daniel Gonçalves

Um fim de semana de capacitação e troca de experiências. Esse foi o foco do encontro promovido pela sede da Igreja Adventista no Sul do Brasil (União Sul Brasileira – USB) para as EDREs (Equipes Distritais de Reavivamento Espiritual) de Santa Catarina. O evento ocorreu no CATRE (Governador Celso Ramos) e foi direcionado para as equipes da Associação Catarinense (IASD centro sul/SC) e Associação Norte Catarinense (IASD norte oeste/SC). Da AC, 126 pessoas estiveram presentes.

Há pelo menos seis anos as EDREs vêm fazendo a diferença na promoção da mordomia cristã nas igrejas locais. Neste ano o encontro do projeto não teve um tema específico e buscou abordar todos os assuntos relacionados ao ministério. Testemunhos ainda intercalaram cada estudo teológico apresentado, dando consistência aos temas propostos. “Fizemos esse evento para celebrar e treinar nossas equipes. Isso vitamina o projeto para que continuem tendo essa entrega e consagração a Deus”, explica o pastor José Santos, líder do Ministério de Mordomia – USB.

Os pastores estiveram organizando o evento, mas a maioria das palestras e participações foram de membros de outras congregações. “A intenção é um irmão falando para outro irmão, mostrando conhecimento e entrega. Isso dá muito mais consistência”, acrescenta o pastor Francisco Fonseca, líder do Ministério de Mordomia – AC.

Claus e Tânia contam como aceitaram Jesus através de um sermão sobre dízimo

Entre os testemunhos esteve a participação do casal Claus e Tânia, da Igreja Adventista de Flor de Nápolis, em São José. Há quatro anos Tânia começou a frequenta a Igreja Adventista, mas Claus não queria saber de cristianismo. Ele preferia ir beber nos sábados pela manhã do que visitar a igreja. Mas certo dia ele aceitou o convite da esposa e foi visitar a Igreja Adventista Central de Florianópolis. Lá, o sermão proferido foi sobre Dízimos e Ofertas, fazendo a esposa se contorcer de preocupação. “Logo esse tema! Ele vai pensar errado sobre a igreja”, pensou.

Mas ao chegarem em casa, Claus surpreendentemente disse: “Meu amor, comece a considerar meu batismo neste Igreja. Eles falam o que precisam sem se preocupar com o que vamos achar. Eles falam a verdade”. Claus e Tânia foram batizados posteriormente e são membros ativos na congregação que frequentam. “Não devemos temer abordar algum tema na igreja. O Espírito Santo irá trabalhar na mente das pessoas”, ressaltou o pastor Francisco.

Ao final, os participantes reafirmaram o compromisso de levarem o reavivamento espiritual em suas congregações: “O que mais me impressionou foi a ênfase nas visitações e no trabalho com as crianças e jovens”, explica Nelson, da Igreja Adventista de Mato Alto, em Araranguá. “O desafio agora é colocar tudo que ouvimos em prática. São recomendações que podem mudar para a melhor a vida da nossa congregação”, finaliza Amarildo, da Igreja Adventista de Cidade Nova, em Itajaí.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox