Notícias Adventistas

Encontro de pastores e anciãos tem foco no pastoreio e discipulado de fiéis

Cerca de 300 líderes participaram do programa que foi marcado pela integração, interatividade e compromisso o ministério.

9 de abril de 2018

Por Andréia Silva com colaboração de Eduardo Teixeira

Cada distrito estava separado por mesas e o grupo recebia uma revista, em que devia estudar e debater sobre temas.

No último final de semana, 07 e 08 de abril, os pastores que atuam nas igrejas adventistas das regiões sul e central do Rio Grande do Sul participaram juntamente com um grupo representativo de anciãos e diretores de grupos do Encontro denominado “Cada Um Salvando Um- Gente cuidando de gente”. O objetivo do programa foi incentivar o envolvimento total de membros e reforçar a importância do pastoreio como algo fundamental no exercício da liderança cristã.

A atividade foi promovida pelo grupo de administradores e departamentais da União Sul Brasileira, sede administrativa da igreja adventista para o Sul do Brasil. Na oportunidade, o presidente, pastor Marlinton Lopes falou sobre a importância do envolvimento dos fiéis na missão para a pregação do evangelho e recebimento do Espírito Santo na vida pessoal.

Os líderes departamentais também utilizaram a ocasião para reforçar aspectos do CRM-  Comunhão, Relacionamento e Missão. E os assuntos que apresentados de forma prática, apontavam para formas específicas sobre como trabalhar o CRM dentro da classe de Escola Sabatina, nos grupos e igrejas.

Durante programa, pastores e líderes foram investidos com um pin que simbolizava o compromisso com a missão e o pastoreio de fiéis.

Centro do estado

Segundo o pastor Marcos Júnior, presidente da igreja adventista no centro do RS, estes momentos foram de grande importância para reafirmar a visão Cada Um Salvando Um. “A ideia é que os anciãos e diretores de grupo consigam compreender qual é o seu papel na igreja de fato e que a gente possa migrar para o papel do pastoreio, que esta é a missão principal do ancião e diretor de grupo. E que eles possam cuidar de pessoas, e não apenas de coisas ou de programações. Então a ênfase foi reforçar esta ideia e agora também ampliar isso para outros líderes através deles”, relata.

Na ocasião, também foram apresentados testemunhos sobre atividades ligadas ao pastoreio e discipulado. Uma das histórias apresentadas foi a do ancião Paulo Baungarten, da igreja de Nova Mathias, em Canoas. Ele é professor de Escola Sabatina há mais de 20 anos e tem como foco principal pastorear sua unidade de ação. Ele criou encontros extraclasse, programa de visitação, e tem visto as atividades renderem muitos frutos. “Isso tem sido maravilhoso, tem nos ajudado em todos os sentidos. A gente tem visto um crescimento muito grande e muito bom na vida espiritual”, afirma o líder.

Pastores e fiéis dos Distritos de Costa e Silva e Parque Pinheiro Machado também compartilharam testemunhos sobre atividades relacionadas aos programas “Amigos de Fé” e “Pequeno Grupo de Líderes. No encerramento, todos os pastores e líderes participantes receberam um pin como símbolo de seu envolvimento no pastoreio de fiéis.

Rogério Gurniak, secretário Ministerial da Igreja adventista para o centro do Rio Grande do Sul, cita o programa como um dos mais impactantes do seu ministério. “Ao final das atividades foi de emocionar, porque nós vimos nossos líderes, anciãos e pastores, saindo do programa com lágrimas nos olhos com desejo de fazer o seu melhor para envolver os membros na missão. Muitos viajaram longas horas para estar ali, mas ninguém demostrava cansaço. O sentimento era de motivação e alegria”, conclui.

Região Sul

No sábado, o irmão Ubiratan Balim, líder leigo da igreja Prado velho em Bagé, destacou ao final da programação que a integração demonstrada pelos líderes ministeriais o deixou “entusiasmado ao perceber que essa visão fará as coisas acontecerem com muitos envolvidos”. Jarbas Jung, diretor do grupo Piratini do distrito de Canguçu, também comentou do fortalecimento espiritual individual “essa capacitação influenciará grandemente as atividades missionárias em torno do discipulado nos locais em que atuamos”.

Ademilson da Silva e Cássio de Medeiros, respectivamente pastores em Canguçu e Bagé, elogiaram a iniciativa. Eles fazem parte dos que viajaram muitas horas e afirmaram que o encontro foi proveitoso e didático. Ambos comentaram que os anciãos voltaram animados para continuar apoiando as programações, buscando os interessados e mais focados para apoiar os irmãos que ainda não estão desenvolvendo seus dons espirituais.

As próximas reuniões para ampliar as ações do Cada Um Salvando Um já estão programadas para acontecer nos distritos com a liderança das congregação locais de acordo com os pastores.

Veja mais fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox