Notícias Adventistas

Eventos

Desafio virtual em prol da prevenção do câncer de mama vai reunir 742 pessoas no ES

Participantes se inscreveram no Desafio Superação que ocorrerá neste domingo (17) para caminhada, corrida ou ciclismo


  • Compartilhar:

Competidoras participam do Desafio Superação na Orla de Camburi (Foto: Filipe Adrian)

Uma em cada 10 vítimas do câncer de mama poderia ter a vida poupada se praticasse atividade física ou, ao menos, uma caminhada de 30 minutos por dia. A afirmação consta num artigo científico publicado na revista Nature*, numa pesquisa que contou com a colaboração do Ministério da Saúde, em 2015. Além de contribuir com a saúde, os dados demonstram que manter o corpo na ativa melhora o metabolismo de alguns hormônios relacionados ao câncer de mama.

Leia mais: 

A problemática é um dos alvos da campanha internacional Outubro Rosa e está em foco no Desafio Superação, prova virtual que envolve os participantes em caminhada, corrida e ciclismo. O evento, promovido pelo projeto Missão Mulher da Igreja Adventista, acontece neste domingo (17) e vai contar com mais de 2,2 mil participantes nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, 742 apenas aqui no estado. Cada inscrito escolhe o percurso de sua preferência, se exercita, marca seu tempo em um relógio e envia para a organização da corrida. Tudo de forma virtual!

A psicóloga Marcelle Alves escolheu o percurso de 10 km para correr sozinha. Ela, que mora em Jucutuquara, revela ser fundamental a participação para sensibilizar outras pessoas quanto à doença.

“Acho importante a gente divulgar um projeto relevante que promove não só a saúde como também a vida”, complementa.  A psicóloga conta que já teve casos da doença na família. “Uma tia precisou lidar com o câncer de mama”, lembra

Orla de Camburi  

Mulheres realizam entrega de livros missionários durante Desafio Superação (Foto: Filipe Adrian)

Diversos pontos no estado foram montados para quem optar por participar em grupo. Em Vitória, o local de encontro será no K1, próximo ao píer de Iemanjá. A estrutura contará com um pódio, mesa com frutas e a presença de um preparador físico, responsável por realizar um aquecimento minutos antes da prova começar. Profissionais da saúde estarão a postos no local para dar orientações quanto aos cuidados com a saúde aos competidores e ao público em geral. A largada será dada às 8h.

Esta é a segunda edição do desafio, que também arrecada e doa alimentos e outros donativos a instituições que cuidam de mulheres com câncer. Em 2020, foram mais de 8 mil itens doados entre quilos de alimentos, objetos de higiene e até lenços personalizados. Todo o montante arrecadado aqui no estado será encaminhado para a AACC.

"Estamos bem animados para este desafio porque é mais que uma corrida ou caminhada, estamos falando de vidas que podem ser salvas por meio da prevenção e autocuidado. Por isso, tem sido realizado todo um movimento em todo centro-norte do Espírito Santo em prol do Desafio Superação", corrobora Viviane Zahn, organizadora do evento no território e líder do Departamento da Mulher.

Para quem não vai participar, a opção é assistir a live oficial de largada, que acontece no domingo, a partir das 7h45. Além das largadas ao vivo, de várias regiões do Brasil, o programa contará com entrevistas e histórias sobre a temática do câncer mama e superação. Também será possível participar de vários sorteios. Você acompanha ao vivo na página Adventistas Sudeste, pelo Youtube e Facebook.

Projeto visa sensibilizar quanto aos cuidados de prevenção no combate ao câncer de mama (Foto: Filipe Adrian)

Dados do desafio

Em 2020, foram cerca de 1,7 mil participantes que, juntos percorreram mais de 12 mil km. Ano passado, havia apenas a opção de corrida e para mulheres.

Em 2021, serão mais de 2,2 mil participantes, nas modalidades de caminhada, corrida e ciclismo. Os homens também puderam se inscrever. O objetivo total é que o desafio alcance mais de 20 mil km percorridos.

Entre os mais de 8 mil itens arrecadados, em 2020, e doados à instituições que cuidam de mulheres com câncer de mama estão alimentos não perecíveis, latas de leite especial, itens de higiene pessoal, roupas e calçados, roupas de cama e banho, cabelo natural e mamas solidárias.

Assista também: