Notícias Adventistas

Eventos

Criatividade marca o Impacto Esperança na região Sudeste

Mais de 2 milhões de livros foram entregues nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais


  • Share:

Adventistas foram às ruas para levar esperança. (Foto: Divulgação)

Livros na geladeira, no caixa eletrônico, surgindo de paraquedas ou até mesmo chegando por delivery. A criatividade foi marcante no Impacto Esperança realizado no sábado (30) nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Mais de 2 milhões de livros foram entregues e muitas história ficaram pra contar!

Jovens da Igreja Adventista da Grande Vitória, no Espírito Santo, presentearam mais de 100 famílias com livros, frutas, verduras e legumes por meio do suporte de uma Geladeira da Esperança, equipada para atender uma comunidade carente. Os moradores tiveram a oportunidade pegar um exemplar do livro Esperança Além da Crise e um kit contendo maçãs, batatas, cenouras, pepinos e laranjas.

Leia também:

Veja reportagem veiculada na TV Gazeta (Globo) sobre a ação:

Em Eldorado, na Serra, no Espírito Santo, voluntários fizeram a entrega dos livros por meio do Delivery da Esperança. O grupo espalhou um contato de telefone para incentivar o público a ligar. Moradores na região que entraram em contato receberam na porta de casa a visita de um jovem para entregar o exemplar.

Além disso, os moradores que passaram em frente à Igreja Adventista no bairro Eldorado foram servidos com um café da manhã.

Esperança multiplicada

A aposentada, resgatada pelo Impacto, ajudou na entrega dos livros . (Foto: Divulgação)

Em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, a história da aposentada Rosália Boscarino chamou a atenção.  Há dois anos ela estava numa praça, alcoolizada, quando adventistas entregaram o livro missionário para ela. Ela estudou a Bíblia, foi batizada e, este ano, entregou livros na mesma praça onde foi resgatada.

Na região de Engenho da Rainha, também no Rio, o livro desceu de rapel para chegar às mãos de pessoas que passavam pela rua.

O caixa eletrônico da esperança foi uma maneira criativa e lúdica para promover o livro missionário. A ação ocorreu em um ponto do calçadão de Campo Grande, no Rio.

Saúde também combina com esperança

Feira de saúde gratuita no ES. (Foto: Paulo Donna)

Voluntários adventistas foram até o bairro Araçatiba, em Viana, no Espírito Santo, para distribuir livros e realizar uma Feira de Saúde. Na localidade, que é uma comunidade quilombola, o ginásio de esportes virou um verdadeiro circuito de saúde. Cada stand oferecia um serviço. A pessoa podia medir a pressão, aprender mais sobre alimentação saudável e a importância de exercícios físicos e até se consultar com o médico, tudo grátis.

Uma grande movimentação marcou o Impacto Esperança em Cariacica, sul do Espírito Santo. Uma carreata passou por diferentes bairros entregando livros missionários e chamando a atenção das pessoas para a mensagem da publicação: ter esperança em meio às crises.

Impacto nas ruas e na internet

Distribuição de livros em Minas Gerais. (Foto: Divulgação)

Em Itajubá, sul de MG, 7.500 livros impactaram a cidade. Os adventistas  aproveitaram também as oportunidades digitais. Gécia, membro da igreja local, enviou o livro aos seus contatos do WhatsApp. Sua tia já havia recebido o livro físico, acompanhava a TV Novo Tempo e, no momento em que recebeu também o livro digital, procurava uma forma de encontrar uma Igreja Adventista próximo à sua casa.

Com emoção, sua resposta à sua sobrinha foi a seguinte: “Estou amando este livro! Já estou na terceira página. É muito bom receber um livro sobre esperança. Quero encontrar uma Igreja Adventista perto de minha casa!”

Abordagem no Impacto Esperança no RJ. (Foto: Divulgação)

Durante a entrega no bairro Nova Cidade, no município de São Gonçalo, no Rio, o pastor Geovane Souza encontrou a Daniele, que abriu as portas de seu comércio. O pastor ofereceu o livro e contou da esperança que a leitura oferecia, e nesse momento Daniele se emocionou porque, conforme explicou, esperança era tudo o que precisava.

Um de seus três filhos optou por condutas diferentes das ensinadas pelos pais, indo na contramão do que a família esperava. Apesar de respeitar a decisão do filho, ela se entristecia. O pastor he falou da importância da oração de uma mãe e orou com ela. Na oração, ela se emocionou ainda mais. Logo após, perguntou qual era a igreja do pastor e ele a convidou para a série de palestras que serão iniciadas em breve. Ela se animou e dispôs-se a comparecer.

Membros exibem exemplares na Lagoa da Pampulha. (Foto: Divulgação)

Na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, adventistas se reuniram e distribuíram livros para quem passava pelo local.