Notícias Adventistas

Crianças carentes de Florianópolis recebem presente antecipado de natal

Confraternização teve lanche, música e a doação de 235 chinelos

14 de dezembro de 2016

235 chinelos foram doados para as crianças da comunidade do Siri, localidade do bairro Ingleses em Florianópolis

Florianópolis, SC… [ASN] A Igreja Adventista dos Ingleses (Florianópolis) proporcionou um natal diferente para as crianças da comunidade do Siri, localizada dentro do bairro praieiro. Os membros realizaram uma confraternização com lanche, música e onde o ponto alto foi a doação de chinelos para crianças locais. Foram 235 chinelos doados. No local já existe uma congregação adventista e essa iniciativa serviu para manter o relacionamento mais próximo com a comunidade.

“São crianças carentes. Muitas vezes elas não tem ou nunca conseguem algo novo. E isso nós estamos trazendo pra elas. Nós estamos trazendo para essas crianças, quem sabe, o único presente que eles vão ganhar neste natal”, comenta Thais Mery Vieira, que esteve coordenando o evento. “Vale a pena tudo isso porque muitas dessas crianças que moram na comunidade não tem, as vezes, um chinelo para usar e nem uma festinha como essa. Eu acho que vale a pena sim. Vai ser um natal mais feliz”, explica Michele de Jesus.

A programação envolveu muitos departamentos da Igreja Adventista dos Ingleses, como os Desbravadores, os Aventureiros e Coral local (Adonai Coral). Para a aquisição dos pares de chinelos um empresário da região, que é fabricante do item, doou todas as unidades para o projeto. “Eu só tenho que agradecer a Deus por ver a alegria dessas crianças. Deus me ‘emprestou’ essa empresa e como cristão eu acho que o mínimo que a gente tem que fazer é doar quando pode”, comenta Marco Antônio Lopes, empresário.

O grupo adventista da comunidade foi aberto neste ano depois do projeto Missão Calebe. A congregação tem diversos departamentos que servirão de apoio para a continuidade do trabalho missionário. “Eu estou muito emocionada hoje ao ver essas crianças. E a gente pode ver futuramente nessas crianças, de repente, um desbravador ou um aventureiro. Isso é apenas a continuidade de um grande projeto que está sendo realizado nessa comunidade”, finaliza Thais. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox