Notícias Adventistas

Crescimento em número de alunos é motivo de celebração

Desde 2015 o número de alunos não tinha um crescimento tão expressivo quanto esse da campanha de matrículas 2020

Por Jeane Barboza 10 de março de 2020
Culto_Gratidao_MPA

Colaboradores se reúnem para celebrar as matrículas 2020. (Foto: Leonardo Leite)

Gratidão é o que tem movido milhões de postagens nas redes sociais, mostrando através de hashtag a disposição das pessoas a valorizarem o que têm ou obtiveram. Fora das publicações e das inúmeras visualizações, numa modesta homenagem para cerca de 200 pessoas, agradecer foi o verbo conjugado no evento que reuniu professores e colaboradores da Educação Adventista da Missão Pará Amapá, na terça-feira, 10 de março. A noite de celebração e gratidão também foi de reconhecimento e premiações e, consequentemente, muitos aplausos ao desempenho dos profissionais homenageados.

Leia também:

Premiacao_MPA

Diversas categorias foram premiadas durante a noite de celebração. (Foto: Leonardo Leite)

Houve agradecimento pelo excelente atendimento (atestado por cliente oculto contratado pela rede de educação adventista); pelos rendimentos; pela fidelização de alunos e pelo crescimento no número de alunos matriculados – somando 3031 alunos em 2020.

De acordo com as informações de Everton Souza, diretor de educação das escolas adventistas no Pará e Amapá, “a educação adventista em nossa região apresentou o maior crescimento dos últimos quatro anos e esse é o resultado de se lecionar com amor. Todos os colaboradores estão envolvidos no processo educacional e isso faz os pais voltarem a matricular no ano seguinte e ainda trazer amigos. Algo que sempre repito é que o nosso negócio é buscar e salvar”, destacou.

 Batismo_MPA

Batismo de dois alunos marca a noite de gratidão. (Foto: Leonardo Leite)

Como escola confessional, além do ensino educacional, a escola adventista transmite em suas aulas valores cristãos e, como resultado, o batismo de dois alunos foi o ápice do culto de gratidão. Frutos da educação adventista, Luan Mateus e Graziele Reis, ambos com 12 anos, tiveram suas vidas impactadas levando-os à pública decisão de entrega a Deus.

Niege Mendes, professora da turma do Jardim I, na Escola Adventista do Coqueiro, e uma das pedagogas homenageadas por fidelização, explica que é importante ter firmeza ao lidar com a criança, mas demonstrar amor por ela também. “Aulas lúdicas em sala, metodologias ativas, recepcionar os alunos com carinho e até mesmo estar com eles na fila antes de começar a aula faz muita diferença. É preciso cativar e isso acontece quando o trabalho é executado com tanto amor que o sentimento transborda refletindo nas crianças. Tão importante quanto isso é o feedback com os pais e as visitas ao aluno”, contou.

Visitações

Visitacao_MPA

Professores que visitaram e fidelizaram alunos, durante campanha de matrículas 2020. (Foto: Leonardo Leite)

A ênfase da Igreja Adventista do Sétimo Dia em 2020 está nas visitas e, por fazer parte da entidade, as escolas da rede seguem o proposto. Visitar os alunos tem retornos rápidos e bem-sucedidos.

Ariana Galdino é professora na Escola Adventista do Coqueiro, para os alunos do Jardim II, e testemunha os ganhos oferecidos por essa prática. “A visita na casa do aluno o influencia em sala de aula, dando a eles uma outra visão do professor e vice-versa. Além disso os laços “professor – aluno – família” se estreitam levando a um melhor rendimento da criança e até mesmo no comportamento em sala de aula”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox