Notícias Adventistas

Congresso para surdos e intérpretes é realizado em Guarapari

Aproximadamente 150 pessoas de três Estados participaram do encontro.

Por Emilly Martins 5 de agosto de 2019

Em todo o Brasil existem mais de 160 grupos de surdos adventistas que atuam para levar a mensagem bíblica para outros surdos  (Foto: Arquivo pessoal)

Cerca de 150 pessoas participaram de uma encontro que teve como objetivo apresentar métodos para falar sobre Jesus para surdos através da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O encontro, que reuniu surdos e intérpretes que atuam em templos locais da Igreja Adventista nos Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, aconteceu entre os dias 2 e 4 de agosto em Guarapari, no interior capixaba.

“A maior importância, na minha opinião, é a valorização deles. Muitas vezes eles se sentem excluídos, o que não deveria acontecer”, pontua o pastor Raimundo Gonçalves, diretor do departamento de Missão Global, que também é responsável pelo Ministério dos Surdos Adventistas para estes três Estados.

Leia também:

Durante o evento, o Ministério dos Surdos de Vila Velha, no Espírito Santo, mostrou como funciona o trabalho que fazem para que mais pessoas conheçam a Cristo. Miriam Simões é surda e oferece estudos bíblicos para outros surdos. Para ela, o encontro a permitiu conhecer novos amigos. “Estar aqui participando deste encontro é muito importante para mim, pois nos motiva e incentiva a ter um relacionamento mais íntimo com Deus e também conhecer novos amigos adventistas e não adventistas”, afirma Miriam.

No sábado, a mensagem bíblica foi apresentada em Libras por Orleans Ribeiro, um dos convidados do congresso. “Me senti muito feliz e animado em participar deste congresso. Vi muitos surdos acompanhando e eu tive essa oportunidade de passar para Eles as informações que Deus me deu para que eles possam estar cada vez mais multiplicando o evangelho para muitos cantos do Brasil”, destaca.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox