Notícias Adventistas

Congresso Jovem transforma vida de morador de rua

Mais de 2 mil participaram do evento que aconteceu em Curitiba.

16 de setembro de 2014
Após o grupo do Geração 148 cantar algumas música, seu Emanuel foi levado ao Congresso Jovem

Após o grupo do Geração 148 cantar algumas música, Senna foi levado ao Congresso Jovem.

Curitiba, PR… [ASN] Para quem passa no calçadão da Rua XV de Novembro, no centro de Curitiba, é possível que já tenha visto o Emanuel Senna. Com 58 anos e vítima de uma paralisia, há 30 anos permanece no mesmo local, sempre pedindo ajuda às pessoas que passam diariamente por ali. Entretanto, no dia 13 de setembro, Senna foi surpreendido por um grupo de jovens do Geração 148 que foram fazer a diferença em sua vida. Participantes do Congresso Jovem da Igreja Adventista no Sul do Paraná, eles foram desafiados em meio à programação a sair do evento e encontrar um morador de rua para ser ajudado por completo.

Camila Mochiutti se envolveu nessa atividade. Para ela, foi possível perceber a ação de Deus em cada minuto, além de ser uma oportunidade de falar do amor dEle para Senna. “É uma maneira de a gente mostrar o nosso amor, mas principalmente o amor de Deus para ele. É uma satisfação muito grande ajudar, pois todo mundo passa por ali, mas nem sempre dão a atenção que ele, como ser humano, precisa”, declara.

Além dessa ação, outro grupo, ao mesmo tempo, impactou os ônibus da cidade, cantando músicas, entregando livros missionários e rosas aos passageiros. Encontrar uma casa com o número 148, cantar e orar com os moradores, foi o desafio do terceiro grupo que cumpriu a ação.

Mais de 2 mil pessoas estiveram reunidas na programação que durou 10 horas

Mais de 2 mil pessoas estiveram reunidas na programação que durou 10 horas.

Uma nova geração

Foram 10 horas de programação para os mais de 2 mil participantes do Congresso Jovem “Uma Nova Geração”, realizado no CCA Bom Retiro, em Curitiba. O evento, promovido pelo Ministério Jovem no Sul do Paraná, abordou os princípios de Comunhão, Relacionamento e Missão.

“Nós trabalhamos esses pontos através de uma linguagem jovem, com a intenção de alcançá-los. Nosso grande objetivo é começar uma nova geração de adoradores por meio dos nossos jovens”, explica o organizador do evento, pastor Rafael Santos.

A cada bloco, os participantes eram incentivados a ter um contato mais íntimo com Deus e a tomar a decisão de fazer a diferença, por meio das pregações, músicas e desafios apresentados. Na oportunidade, cantores como Leonardo Gonçalves, Art Trio, Communion e Rose Rios fizeram parte da adoração do programa. Os pastores Fernando Iglesias e Elmar Borges também participaram do Congresso.

Como seu Emanuel foi encontrado pelo grupo

Senna foi encontrado assim pelo grupo: com barba e cabelo por fazer.

Ajuda sem limites 

Após cortar os cabelos, aparar a barba e ganhar novas roupas, Senna foi ao palco do Congresso Jovem para receber mais uma surpresa. Por não ter condições de andar, o homem sonhava em ter uma nova cadeira de rodas, com a intenção de poder trabalhar. Atendendo ao seu pedido, a cadeira foi trazida embrulhada para presente. Entretanto, mais uma vez os jovens foram desafiados: o valor a ser pago deveria ser arrecadado entre eles, naquele momento.

“Cristianismo é muito mais que teoria, cristianismo é você mergulhar na prática. Nós não conseguimos mudar todo o mundo, mas conseguimos mudar o mundo de algumas pessoas”,  afirma o pastor Rafael.

Seu Emanuel após a transformação

Depois de ser ajudado pelos participantes do Congresso, Senna ganhou um novo visual.

Unindo forças, centenas de participantes fizeram sua colaboração, levantando  5.419 reais , que serão destinados não apenas para a cadeira de rodas, mas também para comprar os remédios que Senna precisa e outras necessidades. Tratamento odontológico totalmente gratuito também foi conseguido para o morador de rua.

“Muito obrigado! O que vocês fizeram por mim só Deus pode pagar. Que Deus abençoe a todos e dê muita sáude”, agradece Emanuel Senna.

Decisões 

Luana Aguiar chegou há três meses em Curitiba. Nascida no Maranhão, a jovem veio ao Congresso de surpresa por meio de uma amiga que adquiriu o ingresso com antecedência e só a avisou no dia do evento.

Adventista desde criança, Luana estava afastada da igreja há muito tempo. Por anos, enfrentou grandes problemas em sua vida, tanto espirituais como emocionais. Mãe de três filhos, a jovem evitava ir à igreja, mesmo com a insistência de sua filha.

No Congresso, Luana se sentiu tocada. No apelo feito pelo pastor Rafael Santos para aqueles que estavam afastados da igreja e que gostariam de se rebatizar, a jovem, mesmo relutando, viu que era o seu momento de entrega. “Meu coração acelerou. Comecei a tremer muito. Há muito tempo eu não sentia a presença de Deus como eu senti naquele momento”, conta Luana.

No momento do apelo, Luana aceitou voltar para Jesus e saiu do Congresso Jovem rebatizada

No momento do apelo, Luana aceitou voltar para a igreja e saiu do Congresso Jovem rebatizada.

Ela já havia planejado que seria rebatizada no Campori, tendo a presença de toda a sua família. “O pastor apontou o dedo na minha direção. Ele falou as palavras que me chamavam. Eu tinha que aceitar. Era a vontade de Deus”, acredita.

“Eu estou aqui para servir. Daqui para frente, eu morrendo ou vivendo, quero somente servir”, conclui Luana. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin /  Fotos: Jéssica Guidolin, Célio Andrade, Andrei Pataquine, Rudy Barros, Maicon Arrais e Denisson Di Bernardino]

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox