Notícias Adventistas

Congresso de Tesouraria capacita líderes e destaca importância dos voluntários para o avanço da missão

No dia 1° de agosto os 257 tesoureiros e líderes de Mordomia Cristã das igrejas adventistas do Mato Grosso do Sul participaram do Congresso “Marcas de Um Mordomo”

Por Rebeca Silvestrin 6 de agosto de 2020

“Eu gosto de ter tempo para fazer o meu trabalho como tesoureira. Se estou com pressa ou cansada, eu espero um pouco e faço logo em seguida. Porque pra mim, além de ser para Deus, estou lidando com o dinheiro de outras pessoas. Sei o valor de cada centavo ali depositado. Por isso, faço com todo o zelo o trabalho que Deus me confiou”. A frase é da dona de casa Clarice Lima. Ela atua há quatro anos como tesoureira da Igreja Adventista do Taveirópolis, em Campo Grande.

Clarice Furtado, parte do time de mais de 250 tesoureiros voluntários que servem à Igreja Adventista no Mato Grosso do Sul.

No dia 1° de agosto Clarice e outros 256 tesoureiros e líderes de Mordomia Cristã das igrejas adventistas aqui no Mato Grosso do Sul participaram do Congresso “Marcas de Um Mordomo”. O programa que seria feito de forma presencial, por conta da pandemia, aconteceu de maneira virtual em uma live especial com os líderes administrativos do campo e também com a participação dos líderes de tesouraria da Igreja Adventista para a região Centro-Oeste e para o Brasil e oito países da América do Sul. Assim como Clarice busca apresentar o melhor em seu trabalho voluntário para a igreja, o programa apresentou informações e palestras para auxiliar os líderes voluntários e ajudá-los a fazer um trabalho cada vez mais ajustado e correto.

Dedicando seu tempo há mais de quatro anos para servir à igreja no setor financeiro, a técnica em segurança do trabalho mostra porque sua história foi destaque e serviu de inspiração durante o congresso. “Tenho muito prazer em trabalhar para Deus. Levo muito a sério o meu trabalho e procuro ter muito cuidado ao realizá-lo. Agradeço a Deus por saber que confiam em mim e confiam que estou fazendo um trabalho correto. Isso pra mim é muito importante”, ressalta.

Time de contadores que atuam na sede administrativa da Igreja Adventista no Mato Grosso do Sul junto com o tesoureiro responsável pela gestão financeira da instituição no campo, pastor Anilson Seemund.

O pastor Anilson Seemund, tesoureiro da Igreja Adventista para todo o território sul-mato-grossense, na ocasião, enalteceu o trabalho dos voluntários em gratidão por todo o apoio e dedicação que empregam e contribuem para o avanço do evangelho no estado no estado. A frase final de Clarice durante o Congresso ressalta que, apesar de complexo, o trabalho do tesoureiro é um dos mais relevantes para a missão de Cristo. “Entendo que todas as funções na igreja buscam cumprir a missão. Mas, vejo na tesouraria algo a mais. Ter nas mãos os tesouros de Deus para cuidar, com zelo e perfeição, é um privilégio”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox