Notícias Adventistas

Concílio ministerial faz balanço positivo para o Nordeste do Maranhão

Pastores fizeram balanço de atividades e traçaram novos planos para avançar na missão de evangelizar.

Por Suyane Scanssette 6 de setembro de 2019

Alinhar ações com foco na missão de evangelizar pessoas foi objetivo central de concílio ministerial no Maranhão. (Foto: divulgação)

O alinhamento de ações com foco na missão de evangelizar foi o objetivo do Concílio Ministerial para os pastores da Missão Nordeste Maranhense (Mnem), sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para a região Nordeste do Estado do Maranhão. Além disso, o evento enfatizou a preparação, o envolvimento e a motivação para os pastores realizarem o batismo da primavera e o programa Evangelístico no mês de outubro.

O Concílio Ministerial realizado entre os dias 03 a 05 de setembro em São Luís no Maranhão, fez ainda um balanço da Missão Calebe para o campo, que foi considerado bastante positivo. “A Missão Calebe foi muito especial e de superação.  Mais de 3 mil e 600 pessoas tomaram a decisão de aceitar a Jesus por meio do batismo. Isso nos incentiva a investir ainda mais no discipulado e no crescimento da igreja”, destacou o pastor Samuel Bastos, presidente da Mnem.

Samuel Bastos destacou importância do encontro “fortalecimento do grupo e muita aprendizagem”. (Foto: divulgação)

De acordo com o presidente Bastos, a realização do Concílio é um momento importante para o fortalecimento do grupo e de muita aprendizagem para todos. “Tivemos momentos teológicos, trouxemos um palestrante psicólogo para falar da vida emocional do pastor e auxiliá-lo em suas emoções. Foram momentos de motivação, inspiração e de aprendizado”, pontuou.

Pastor há 5 anos, Eliezer de Sousa, que atua no distrito de Rosário-MA, disse que momentos como este, são relevantes para as atividades da igreja. “Eu me sinto revigorado, parece que renovei as baterias e quando chegar ao distrito estarei com muita bagagem de conhecimento para fazer sempre mais e melhor em nosso trabalho”, afirmou.

Pastores fizeram balanço de atividades e traçaram novos planos para avançar na missão de evangelizar. (Foto: divulgação)

Eliezer contou que no município de Rosário houve 12 pontos de Calebes e um grande desafio. “Em um dos pontos de evangelismo, área considerada perigosa, fomos com o intuito de resgatar as pessoas dos vícios, da criminalidade. Lá encontramos um senhor chamado João, que todos os dias caminhava sete quilômetros para participar do programa”, contou. “Após as noites de evangelismo ele decidiu-se pelo batismo junto da esposa e ainda hoje faz o mesmo percurso para participar dos cultos e atividades da igreja. Isso nos deixa motivados para realizar a Missão Calebe”, reiterou.

Ao final do Concílio todos os pastores saíram motivados para cumprir a missão, com o foco na comunhão, no relacionamento e também na própria missão.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox