Notícias Adventistas

Concílio destaca ministério pastoral e promove as cinco metas e Batismo da Primavera

O objetivo do encontro foi estabelecer metas, organizar o calendário e as datas dos principais programas da igreja para o segundo semestre de 2021.

Por Samuel Nunes 28 de julho de 2021

Pastores elogiaram a realização do concílio. (Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia MMN)

Pastores da Missão Mineira Norte, sede administrativa da Igreja Adventista para o Norte e Noroeste de MG, participaram no domingo, 25 de julho, em Montes Claros, de um concílio ministerial. O objetivo do encontro foi estabelecer metas, organizar o calendário e as datas dos principais programas da igreja para o segundo semestre de 2021.

Para o pastor Sidney Reis, que cuida de igrejas no distrito do bairro Doutor João Alves, em Montes Claros, o diferencial do concílio foi a presença da administração da União Sudeste Brasileira. Para ele as instruções práticas transmitidas aos pastores foram extremamente importantes. Destacou também a presença de Paul0 Nogueira, pastor jubilado que valorizou a importância da família ministerial.

“Outro diferencial foi a organização do concílio, com rico conteúdo apresentado. Saímos ainda mais motivados para a continuidade do nosso trabalho”, garante o pastor Sidney.

Outra ênfase do concílio diz respeito ao envolvimento da igreja nas 5 metas propostas pela liderança da União Sudeste Brasileira: Estudo diário da lição da Escola Sabatina (assinaturas); pequenos grupos e unidades de ação; instrutores bíblicos e duplas missionárias; interessados recebendo estudos bíblicos; e discípulos fiéis.

Pastor Hiram Kalbermatter, presidente da União Sudeste Brasileira, afirma que os concílios ministeriais são importantes, pois é a oportunidade de juntos com os líderes ministeriais e pastores locais, alinhar a visão e estratégias frente as demandas no decorrer do ano.

Pastor Hiram Kalbermatter: Nesse concílio tivemos a oportunidade de aprofundar a visão dentro das cinco metas.
( Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia MMN)

“Nesse concílio tivemos a oportunidade de aprofundar a visão dentro das cinco metas.  As estratégias e a visão de que deve ser multiplicada pela essência, e a prioridade que temos nelas na igreja. A responsabilidade que temos do acompanhamento delas, criarmos essa cultura. O que está sendo trabalhado, não é algo novo, mas sim, sistematizar essa visão daquilo que é mais importante”, relata Kalbermatter.

O presidente da União Sudeste Brasileira, conta ainda que, foi trabalhado o contexto das competências ministeriais e o papel do ancionato na igreja. A importância do pastoreio compartilhado, que na sua concepção “vai ajudar muito no avanço da igreja nos dias que estamos vivendo”.

“Entre os temas principais, tivemos a presença do pastor jubilado, Paulo Nogueira, que tem larga experiência, que trouxe conceitos e visões importantes para que eles tenham êxito”, ressalta pastor Hiram.

Espiritualidade x renovação

Para o pastor Victor dos Santos Mariano, responsável por atender o distrito de Rio de Pardo de Minas, participar do concílio, renovou suas forças. Destacou a espiritualidade com que foram conduzidas as mensagens e orientações.

O pastor salienta que o evento promoveu o direcionamento correto e intencionalidade nas ações, tudo com o objetivo de fazer a obra avançar neste território

“Foi extremamente útil ter participado desse momento. Ressalto também a participação do pastor Paulo Nogueira, da espiritualidade que marcou o encontro, e um legado que inspira e nos move a trabalhar com intensidade no avanço da mensagem de esperança em nosso território, abreviando assim, a volta de Jesus”, pontua pastor Victor.

Batismo da Primavera

Pastor Moises conta que o alvo são mais de 700 Batismos na Primavera.
( Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia MMN)

Pastor Deber Coutinho, lidera um dos distritos pastorais na cidade de Januária. No seu entendimento, a participação da União Sudeste Brasileira e mais o pastor Paulo Nogueira, já jubilado, foram ingredientes motivadores para um concílio diferenciado. Chamou a atenção também para o preparo motivacional para o Batismo da Primavera.

O Batismo da Primavera, é um programa criado pelo Pastor Ademar Quint no Rio de Janeiro, e que acontece anualmente nas igrejas adventistas em todo o país

A primavera é a estação das flores. Neste período a Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) realiza o Batismo da Primavera, onde juvenis, adolescentes, jovens e eternos jovens entregam suas vidas a Deus através do batismo.

O pastor Paulo Nogueira marcou presença no concílio e teceu importantes orientações aos colegas de ministério.
( Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia- MMN)

Pastor Moisés Carvalho Júnior, presidente da Missão Mineira Norte, explica que os interessados no Batismo da Primavera, estudam a Bíblia, participam de classes de juvenis e de jovens até se sentirem preparados para demonstrar publicamente sua decisão. Neste contexto, ele ressalta a importância do projeto Pais de Esperança, onde os pais estudam a Bíblia com os filhos, preparando-os para o batismo. Em todo o território da Missão Mineira Norte já são mais de 700 pais envolvidos ministrando estudos bíblicos para os filhos.

O presidente ressalta a necessidade do envolvimento da liderança e membresia no momento que é especial, que é a colheita, que são os Batismos da Primavera. Pastor Moises Carvalho Junior conta que o alvo da Missão Mineira é de mais de 700 Batismos na Primavera.

O concílio terminou com o pastor Helder Cruz que desceu as águas batismais a sua filha, Melissa.
( Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia MMN)

O concílio terminou com o pastor Helder Cruz que desceu as águas batismais a sua filha, Melissa. O pastor não conteve a emoção, e disse que o sentimento de batizar a própria filha foi indescritível.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox