Notícias Adventistas

Concílio da AFAM trabalha as emoções das mulheres ministeriais

O evento reuniu as esposas de pastores do leste de Minas e refletiu acerca de suas emoções diante as responsabilidades.

Por Carolina Inthurn 11 de março de 2019

Joelma do Vale, palestrante do concílio, fala sobre o papel da mulher ministerial | Foto: Vinícius Ribeiro/AML

Mais de 30 esposas de pastores se reuniram no último final de semana, 9 e 10, para participar de uma reflexão profunda acerca do papel da mulher no âmbito pessoal, profissional e espiritual. O concílio da AFAM (Área Feminina da Associação Ministerial) acontece anualmente e tem como objetivo preparar, amparar e refletir com as mulheres que trabalham em prol da causa de Cristo no território da Associação Mineira Leste (AML), sede administrativa da Igreja Adventista para o leste de Minas Gerais.

Para a coordenadora do evento e líder do Ministério da Mulher do campo, Deise Colli, o concílio foi uma reflexão das emoções das mulheres acerca de suas responsabilidades e deveres. “Eu vi a direção de Deus durante o evento. Tudo aconteceu de uma forma surpreendente e dentro dos planos de Deus”, comenta Deise.

O tema Eu Mulher tranquilizou as mulheres para exercerem com mais confiança o papel que lhes foi confiado por Deus, como afirma Roseane Alves, participante do evento. “O mais importante não é que somos esposas de pastores, mas acima de tudo, que somos mulheres cristãs”, conclui Roseane. “Aprendi que não preciso me cobrar tanto. Meu marido tem as responsabilidades dele e eu as minhas”, completa Karina Oliveira, participante do concílio.

As mulheres fizeram uma avaliação sobre as áreas da vida e refletiram sobre suas notas | Foto: Vinícius Ribeiro/AML

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox