Notícias Adventistas

Concílio Anual da ASA transforma líderes em mentores

29 de abril de 2015
Evento aconteceu em Paraibuna, SP e reuniu mais de 50 voluntários da ASA

Evento aconteceu em Paraibuna, SP e reuniu mais de 50 voluntários da ASA.

São Paulo, SP… [ASN] Você sabe a diferença entre mentoring e coaching? São dois métodos administrativos que envolvem a gestão de pessoas nas empresas. No mundo, cursos e especializações tem ensinado líderes a realizar administrações mais humanas e compreensivas com seus liderados. Como o resultado dessa gestão, é ultrapassada as metas.

O Concílio Anual da Ação Solidária Adventista (ASA), que aconteceu neste final de semana, abordou como a Igreja pode aproveitar os conceitos empresariais e colocar em prática a missão da Igreja, salvar.

A questão pode ser complexa, como unir Igreja a métodos empresariais? Para o líder da ASA, Pr. Jair Miranda, essa resposta pode ser simplificada quando há o bom senso. “Temos que pegar o que é de bom em relação a administração e gestão que o mundo está fazendo e fazer isso melhor na nossa Igreja”, relata.

De acordo com Miranda, a dificuldade em trabalhar em um território exige determinada organização. “Nós trabalhamos com duas zonas, norte e leste, com a maior concentração de comunidades carentes de São Paulo, que exigem um grande número de voluntários”, conta.

Para a localidade, o líder mantém uma equipe, que consiste na administração geral do departamento, em regionais responsáveis por orientar os pastores e líderes a nível de distrito – esses chamados de distritais – que vão auxiliar os representantes da ASA a nas igrejas locais.

“Nós estamos tentando levantar dentro das equipes líderes promissores que possam fazer a diferença. O Concílio Anual da ASA tem como foco dar a ferramenta, motivação e os treinar em liderança”, explica.

Para isso as técnicas empresariais foram utilizadas. “Nós trabalhamos com o conceito de mentoring, como o líder pode repassar informações, passar confiabilidade para seus assessorados e também o conceito de coaching, como eles podem atingir as metas”, conta.

Missão x Metas – Assim como nas empresas, a instituição religiosa possui metas. Segundo ainda o pastor, distante de serem relacionadas a montantes monetários, os resultados que a Igreja busca refletem em mudança de vida. “Na ASA, as principais metas consistem em 100% dos nossos líderes e voluntários investindo no relacionamento diário com Deus. Ter 110 mil pessoas envolvidas com a ASA até o final de 2015 e mais de um batismo a cada unidade da ASA. O lema é ‘A cada ato de compaixão, uma oportunidade de salvação’”, conta.

No final de 2015, vai haver a premiação para motivar e reconhecer as igrejas que mais trabalharam pela comunidade. [Equipe ANS, Michelle Martins]

Evento repercutiu nas redes sociais. Confira o que os participantes estão falando do evento:

Página no Facebook da ASA - APL

Página no Facebook da ASA – APL

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox