Notícias Adventistas

Com ênfase na excelência em adoração, encontro reúne lideres das igrejas do Rio

Encontro reuniu tesoureiros, anciãos, secretários e líderes de Mordomia Cristã.

19 de dezembro de 2016
Encenação da liturgia no Antigo Testamento mostrou a importância da excelência na adoração.

Encenação da liturgia no Antigo Testamento mostrou a importância da excelência na adoração.

Petrópolis, RJ… [ASN] De segunda a sexta-feira o carioca Virgílio Gomes do Nascimento atende inúmeras pessoas com seu trabalho como profissional de psicologia. Uma rotina bastante intensa, mas que não o impede de ser a pessoa responsável pelo bem estar e funcionamento da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) de Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro. Ou seja, ele ocupa o cargo de Ancião, nome dado aos responsáveis pela administração do templo local. “Nosso trabalho como Ancião é coordenar para que todos os departamentos estejam coesos no objetivo da igreja, além de resolver problemas internos da igreja, aconselhar e orientar os outros fiéis”, explica Virgílio. No entanto, para que isso aconteça é preciso que o trabalho do ancião esteja unido à secretaria, ao departamento de mordomia e a tesouraria da igreja.

Pensando nisso, o escritório que administra a IASD em parte do RJ realizou um encontro no último sábado (17) que reuniu as pessoas que comandam esses departamentos. O evento aconteceu nas dependências do Instituto Petropolitano Adventista de Ensino (IPAE) em Petrópolis, na região serrana, e contou com uma programação variada entre palestras, sermões e aulas abordando as necessidades que os departamentos terão em 2017 e a importância do trabalho feito por eles.

Mais de 500 pessoas participaram do encontro.

Mais de 500 pessoas participaram do encontro.

Com o tema “Excelência em adorar”, a programação apontou para a necessidade de se dedicar com a qualidade do culto que está sendo prestado e ter claro na mente o real significado do que é adoração. “Como adventistas, nós acreditamos que adoração é a grande decisão que cada fiel deverá tomar na vida. Portanto a excelência em adoração envolve vários aspectos e nosso objetivo nesse evento é tratar sobre esses aspectos”, esclarece o pastor Leonardo Pombo, administrador financeiro do escritório administrativo da igreja no Rio.

Tais aspectos abordados no encontro englobam a adoração em grupo, cultos e eventos, e a adoração da própria pessoa. Ou seja, sua comunhão pessoal com Deus. “Alguns dos aspectos abordados dizem respeito à vida espiritual do fiel, à fidelidade com Deus e a responsabilidade na liderança da igreja”, enumera. Diferente de outros eventos, o encontro de Secretaria, Tesouraria e Mordomia foi marcado pelo diferencial de uma abordagem voltado para o lado técnico e administrativo. “Aqui tratamos de assuntos funcionais do ambiente da igreja, das ações e atividades que a igreja realiza que exigem alguns cuidados. Tais cuidados precisam ser levados aos fiéis. Um deles, por exemplo, é a segurança que o ambiente onde nós adoramos deve ter”, exemplifica o pastor Pombo.

A excelência nos serviços prestados à Deus não é uma necessidade recente. Ela remota da narrativa descrita nos livros do Antigo Testamento na qual são repassadas ao povo de Israel a maneira como deve funcionar a liturgia e o sistema de adoração. Para explicar todo esse conceito histórico aos participantes do encontro, os organizadores, com roupas semelhantes às usadas pelos sacerdotes levitas, encenaram a maneira como funcionava o sistema de expiação descrito no livro sagrado, enquanto o pastor fazia um convite para os fiéis se dedicarem totalmente à Deus, tanto na comunhão pessoal, quanto no serviço cristão. [Equipe ASN, Douglas Pessoa]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox