Notícias Adventistas

Celebração evangelística valoriza trabalho de fiéis no interior do RS

Quarta edição da Caravana da Esperança reuniu 3.300 fiéis em cinco cidades gaúchas

Por Douglas Pessoa 26 de novembro de 2019

Batismos foram o ponto áureo do programa

Espalhados pelo território que corresponde à região classificada como Centro do Rio Grande do Sul, fiéis de cinco cidades, e suas microrregiões, tiveram a oportunidade de ter uma celebração especial pertinho de casa. Isso aconteceu através da tradicional Caravana da Esperança, que teve sua quarta edição realizada na última semana. A programação acontece durante cinco dias, sendo feita a cada noite em uma cidade diferente. O objetivo é oferecer a oportunidade para o maior número possível de pessoas se fazerem presentes.

O programa teve início na noite de terça-feira, em Cachoeira do Sul. No dia seguinte foi a vez de Santa Maria assistir os sermões do pastor Neumoel Stina e ouvir as músicas da cantora Cíntia Alves. Na sexta a Caravana se dirigiu para Ijuí, na região das missões e no sábado o encontro foi nos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul. Domingo a celebração foi encerrada na capital. Somando os públicos de todas as noites, cerca de 3.300 pessoas estiveram presentes na Caravana e acompanharam a programação.

De acordo com o pastor Marcelo Dadamo, líder do departamento de evangelismo para o centro do RS, a celebração também teve o foco de apoiar o trabalho missionário que já é realizado pelos fiéis. “Eles atuam em duplas, fazem evangelismo e se empenham. Nós queríamos oferecer um suporte através da Caravana para que pessoas encaminhadas fossem batizadas e outras tomassem a decisão. Além também de levar mensagens especiais e musicais”, explica o líder.

Se observar a quantidade de pessoas que desceram às águas, a estratégia deu certo. Ao todo foram 34 que entraram nos tanques e decidiram publicamente se tornarem adventistas do sétimo dia. Os que não foram batizados, mas garantiram que futuramente irão passar pela cerimônia somaram 118 pessoas. A soma aumenta quando incluímos os 517 frequentadores que pediram para iniciar o processo para serem batizados. “A Caravana foi toda estruturada para ser repleta de louvor, pregação e batismo”, conta Dadamo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox