Notícias Adventistas

Capacitação incentiva pastoreio compartilhado no norte e noroeste de MG

Pastoreio compartilhado é um projeto missionário que tem o objetivo de envolver pastores, líderes e membros na prática da visitação.  

Por Samuel Nunes 30 de julho de 2021

Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mída- MMN)

Seja na tela do computador ou do celular, no norte e noroeste de MG membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia têm sido suprida espiritualmente com transmissões pela internet. Somente Em 2020 foram mais de 90 lives no total, com mais de 200 horas de transmissões.  Em 2021 muitos já foram os treinamentos, cultos e programas evangelísticos, todos realizados pelo Canal Adventistas Norte de Minas e outras plataformas digitais.

A tecnologia é o meio utilizado mais uma vez, para fazer chegar aos fiéis, orientações conceituais e práticas, sobre o pastoreio compartilhado, projeto missionário que tem por objetivo, o envolvimento de pastores, líderes e membros na prática da visitação.

Mediante o pastoreio compartilhado, respeitando o distanciamento social, o membro consegue orar com a família e até mesmo estudar a Bíblia. Em São Francisco, norte de Minas Gerais, adventistas criaram uma vigília de portão para visitar pessoas durante a noite e madrugada. Iniciativa essa, do pastor Marcello Fernandes, e abraçada pelos líderes com o apoio da membresia local.

Importância x aplicabilidade

Pelo Canal Adventistas Norte de Minas, a liderança administrativa da Missão Mineira Norte- sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o norte e noroeste de MG, departamentais e a liderança da União da Sudeste Brasileira, levaram para todo o território informações sobre esse programa e enfatizando a relevância da sua aplicabilidade nas igrejas. Mais de 350 pontos espalhados pelo norte e noroeste de MG, incluindo casas e igrejas,  acompanharam a transmissão do programa, pautado por informações precisas.

Pastores Moises Carvalho Júnior e Hiram Kalbermatter ressaltaram a importância do projeto.
(Foto: Reprodução: Centro de Mídia- MMN)

Pastor Moises Carvalho Júnior, presidente da Missão Mineira Norte, ressaltou a importância do pastoreio compartilhado. De maneira entusiasta afirma que o objetivo é que obedecendo todos os protocolos de segurança, até dezembro, todos os membros das igrejas adventistas sejam visitados. Ele chama a atenção para a importância do envolvimento de toda liderança neste importante projeto missionário.

Para o pastor Hiram Kalbermatter, presidente da União Sudeste Brasileira, escritório administrativo da Igreja Adventista do Sétimo Dia para os estados de MG, ES e Rio de Janeiro, afirma que o pastoreio compartilhado é um princípio bíblico. Ressaltou a importância do zelo e do cuidado que o líder deve ter para com o liderado.

Kalbermatter lembrou que a igreja não pode ser pastoreada apenas por uma única pessoa, a igreja na sua concepção precisa ser compartilhada. Lembrou da importância dos Pequenos Grupos e das Unidades de Ação, no sentido de que todos compreendam a missão que todos tem a cumprir.

Orientações x visão bíblica  

Tecnologia a serviço da memsagem de esperança.
( Foto: Carlos H. Figueiredo: Centro de Mídia- MMN)

Pastor Nenilton dos Santos Oliveira Felelberg, líder os Ministérios de Mordomia Cristã, paras as regiões norte e noroeste de Minas Gerais, explica que as orientações transmitidas para os pastores, e a igreja, foram essenciais para a solidificação do pastoreio compartilhado neste território. Conta que o início do projeto está marcado para o próximo dia 07, e se estende até 13 de agosto. “

Nossa intenção e objetivo é que obedecendo todos os protocolos de segurança, a liderança visite os membros para a Semana de Mordomia que acontece de 14 a 21 de agosto. É válido salientar que todos os pastores da nossa Missão Mineira Norte já foram visitados pela nossa liderança administrativa, e 90% dos líderes locais também já receberam visita. Trabalhamos para que o pastoreio compartilhado se transforme em um estilo de vida na igreja. Para que o amor de uns para com os outros prevaleça”, relata pastor Nenilton.

 

Foto: Carlos H. Figueiredo/ Centro de Mídia- MMN)

Na concepção do pastor Felipe Andrade, líder de Mordomia Cristã para os estados de MG, RJ e Espírito Santo, o pastoreio compartilhado é uma visão bíblica. Salienta que todos devem fazer parte desse programa, no contexto de cuidar uns dos outros.

“Não temos nenhum texto na Bíblia que defenda ou afirme que o pastor deve ser o único que deve cuidar e pastorear o rebanho. Umas das fortes evidências disso, é a igreja primitiva. O que fez ela crescer foi estarem vivendo uma experiência profunda do batismo do Espírito Santo, e cuidarem uns dos outros. O objetivo que durante essa semana de pastoreio, que vai anteceder a Semana de Mordomia, a igreja possa compreender e viver essa experiência. Lembrando que o maior benefício é para quem visita. Queremos que a igreja viva essa experiência e  que esse clima espiritual seja algo constante na igreja”, finaliza, Andrade.

Assista na íntegra a live realizada do Centro de Mídia da Missão Mineira Norte

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox