Notícias Adventistas

Aventussauro reúne 2400 participantes no interior do Paraná

Usando o lúdico e a criatividade o acampamento usou os dinossauros para contar histórias bíblicas

Por Letícia Alves 15 de outubro de 2019

Réplicas de dinossauros foram espalhadas pelo acampamento.

Parece até cena de filme, mas era o cenário do X Aventuri no Centro do Paraná. Realizado na cidade de Castro, interior do estado, o acampamento reuniu cerca de 2400 participantes entre crianças e adultos e não deixou a desejar com a ilustração do tema “Aventussauro”. Réplicas idênticas aos famosos dinossauros, escavações das ossadas das feras já extintas e outros elementos mexeram com o imaginário e fizeram a diversão de quem esteve no evento.

As crianças tiveram um fim de semana de diversão e aprendizado.

O tema Aventussauro despertou a atenção da criançada que aprendeu muito mais do que apenas a história dos dinossauros. “A proposta do Aventuri era trazer a temática da criação, contar a história do dilúvio, a queda, a restauração e fechando com a nova terra, dentro dessa proposta a melhor temática que tínhamos era os dinossauros,” explica o líder de aventureiros no centro do Paraná, Fabiano de Souza.

A criatividade foi elemento essencial no acampamento, mas não foi só a organização que se esforçou para deixar o tema mais próximo a realidade. Os clubes de aventureiros também se esforçaram e usaram a criatividade na hora de identificar seus clubes na área de acampamento. Um clube em especial chamou atenção da mídia local e foi notícia pela estrutura que montou.

O boneco Venturinho foi sucesso entre a criançada.

Trazendo atividades lúdicas e divertidas o Aventussauro contou com a participação de convidados especiais como Gil e Cris e seus bonecos que fizeram a alegria dos aventureiros e contaram como surgiram e desapareceram os dinossauros. O evento foi aprovado e muito bem aproveitado pela criançada. “O que eu mais gostei foi escavar os fósseis de dinossauros, porque a gente aprende como os dinossauros viveram” conta a aventureira Bárbara Rocha.

O aventureiro Felipe Souza também aprovou o evento. “Eu “to” achando muito legal, “to” aprendendo várias coisas sobre dinossauros e a criação e ainda “to” brincando de verdade, explica.

As crianças aproveitaram cada minuto do acampamento.

Entre escavações, planetário, escalada, novas amizades e diversão, muito também foi aprendido nesse fim de semana. “Eu aprendi sobre os fosséis, aprendi sobre a criação, sobre o dilúvio que foi quando os dinossauros foram extintos e mais um monte de coisa”, revela a aventureira Ligia Cardoso.

O vereador da cidade de Castro, Jovenil de Freitas, esteve na abertura do evento.

As atividades trabalharam não só o físico e mental, mas também o espiritual. 33 pessoas foram batizadas. De forma divertida e diferente as crianças aprenderam lições importantes e tiveram momentos únicos que serão levados por toda a vida. “Aqui é um mundo diferente, elas [crianças] se divertem e aprendem valores. Elas saem daqui transformadas e essas mudanças podem ser sentidas em casa” afirma Alice Zeferino, diretora do clube Pequenas Águias.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox