Notícias Adventistas

Adventistas consolidam projeto da Escola Sabatina em Itaúna (MG)

Celebração contou com batismos e histórias sobre o impacto do projeto entre os fiéis

4 de junho de 2018

Por Leonardo Saimon

Celebração comemorou consolidação de projeto da Escola Sabatina em Itaúna

Deisiane Natário, de 17 anos, se sentia desmotivada e frequentar a igreja, há tempos, era uma atividade que não lhe causava prazer. “Minha rotina era basicamente chegar na igreja, sentar no banco, assistir o culto e ir embora”, lembra a jovem. “Todo jovem passa por uma fase de querer sair da igreja”, admite. Até que um dia, a diretora dos jovens propôs criar uma ‘Base’. O grupo serviria para que eles pudessem se reunir de maneira mais próxima e desenvolver algumas atividades sociais tanto na igreja quanto na comunidade. Foi aí que tudo mudou. “A gente é motivado a fazer diversos desafios e isso faz com que a gente evangelize a si próprio e a outras pessoas”, conclui.

A história de Deisiane é resultado de um projeto idealizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia para região de Belo Horizonte, Centro-Oeste de Minas e Triângulo Mineiro, que tem canalizado suas ações para o fortalecimento da Escola Sabatina. Um dos propósitos para essa área é fazer com que cada grupo, também conhecido como unidades de ação, promova atividades que fortaleçam o relacionamento entre seus membros. Essas unidades costumam se reunir aos sábados pela manhã para estudar a Bíblia, e, agora, também passam a se juntam em outros dias.

Participantes se reuniram na Igreja Central de Itaúna

Em Itaúna (MG), já é possível visualizar a concretização desse planejamento. Na Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) Central de Itaúna, os fiéis realizaram uma celebração de consolidação desse projeto, entre as unidades de ação da região, no último sábado (2). O evento reuniu mais de 200 pessoas e contou com a presença do presidente da Associação Mineira Central (AMC), pastor José Marcos de Oliveira. Relatos sobre o impacto desta iniciativa na vida dos adventistas da localidade foram compartilhados com os participantes e seis pessoas foram batizadas durante o programa.

Leia também: 

“Já estamos colhendo os primeiros frutos como resultado deste formato. Estamos recebendo mensagens motivadoras e percebemos a igreja correspondendo de maneira muito positiva, de modo mais prático e relacional como de fato ela deve ser”, analisa o líder da Igreja Adventista para a região Central de Itaúna, pastor Elias Lourenço.

O processo de implantação desse projeto começou no final do ano passado e se deu de duas formas, conforme explica Lourenço. “Trabalhamos primeiro com os líderes de maneira mais teórica, explicando a concepção da ideia. Depois, levamos o projeto para ser trabalhado em cada igreja de maneira mais prática junto aos responsáveis por cada unidade”, lembra.

Novo prédio

No sábado (2), pela manhã, Central de Itaúna lançou pedra fundamental para nova sede

Ainda no mesmo dia, a pedra fundamental do novo prédio da Igreja Central de Itaúna foi lançada. Há cerca de 23 anos, a congregação se reúne no mesmo espaço e agora pretende mudar de local para construir um prédio mais amplo. A nova sede deve começar a ser levantada nos próximos e dias e deve potencializar a evangelização na região.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox