Notícias Adventistas

Adolescentes se formam na primeira turma do Talentos em Missão

“Quando a gente traz essas inovações, esses projetos diferenciados para uma comunidade como essa, a gente espera que seja uma janela nova se abra”

11 de março de 2016
Adolescentes da primeira turma do Talentos em Missão junto com a administração da AP, e os professores do projeto.

Adolescentes da primeira turma do Talentos em Missão junto com a administração da AP, e os professores do projeto.

São Paulo, SP… [ASN] Grande parte dos jovens e adolescentes passam pelo dilema de escolher uma profissão para seguir carreira. Quando chega a época do ensino médio, já é hora de começar a pensar nesse assunto. Então muitos procuram cursos, aulas, estágios, vale até ajudar os pais no emprego deles para descobrir qualquer vocação, habilidade ou gosto pela área escolhida.

Um ponto que pode ajudar muito na escolha da profissão é o chamado programa Jovem Aprendiz. Em que o adolescente trabalha durante meio período, e durante um dia da semana faz um curso de capacitação.

Pensando nisso a sede regional da Igreja Adventista do Sétimo Dia na região central de São Paulo (Associação Paulistana), idealizou o projeto “Talentos em Missão”, que funciona em parceria com o Núcleo da ADRA de Vila Clara.

O Talentos em Missão funciona da seguinte maneira: alguns profissionais de diferentes áreas que trabalham na AP, como: contabilidade, recursos humanos e TI, utilizam seus conhecimentos profissionais para darem aulas para os jovens e adolescentes do Núcleo.

Foram 4 meses de curso, e em fevereiro aconteceu a formatura da primeira turma do Talentos em Missão. Edilene Araújo, coordenadora do Núcleo, falou sobre a transformação que o curso trouxe para a vida desses adolescentes. “Quando a gente traz essas inovações, esses projetos diferenciados para uma comunidade como essa, a gente espera que seja uma janela nova se abra”.

Cerimônia da formatura do Talentos em Missão.

Cerimônia da formatura do Talentos em Missão.

Patricia Oliveira, gerente de RH da AP e idealizadora do projeto, falou o que espera dos formandos depois da conclusão do curso. “A gente espera que eles saiam daqui diferentes de como entraram, e que eles levem esse conhecimento para a vida pessoal e profissional deles”, afirmou Patricia.

Para Fernanda Ramos, 14 anos e uma das alunas do Talentos em Missão, ter a convivência com profissionais que atuam na área foi uma ótima experiência. “Foi uma importante para mim. Eu estou tentando melhorar cada vez mais e esse curso me ajudou muito”, disse Fernanda.

Agora alguns jovens e adolescentes que se formaram no Talentos em Missão terão a oportunidade de trabalharem como jovem aprendiz em algumas instituições da AP, como escolas e no próprio escritório da Associação. [Equipe ASN, Augusto Cavalcanti]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox