Notícias Adventistas

Acampamento para esposas de pastores motiva mulheres ao ministério

Um total de 60 esposas de pastores do centro do RS participaram de atividades espirituais e esportivas em Igrejinha, RS.

2 de maio de 2018

Por Andréia Silva

Atividades foram desenvolvidas no interior, em meio a natureza.

Nos dias 27 a 29 de abril, aconteceu o AFAMPORI, um acampamento que reuniu um total de 60 esposas de pastores adventistas do centro do Rio Grande do Sul. Evento aconteceu no Hotel Ecoland, em Igrejinha e foi organizado pela Área Feminina da Associação Ministerial (AFAM).

O tema “Aventure-se” incentivava as participantes a se aventurarem mais com Deus através do uso dos dons e talentos, separando um tempo maior para a comunhão diária, trabalhando de forma mais direta no evangelismo e em outras frentes missionárias.

“Foi bem legal, tivemos a parte espiritual, descontraída e recreativa”, conta a líder da AFAM, Rosinha de Oliveira. “Participamos de trilha, fogo do conselho e atividades diversas. Foi bem bacana porque procuramos estimulá-las a se envolverem de forma geral no trabalho da igreja junto com o marido, em completa parceria.  Elas entenderam que ser uma esposa de pastor é realmente um presente do céu”, completa.

Cultos de louvor e adoração foram o ponto alto do AFAMPORI.

Palestraram na ocasião a liderança administrativa da ACSR, o Secretário Ministerial Rogério Gurniak, e Rosinha de Oliveira. Os temas abordados ressaltavam a importância do envolvimento no ministério. Além disso, a enfermeira e secretária da USB Danielly Canabrava, falou sobre saúde abordando temas como: alimentação, nutrição, sono, descanso, remédios da natureza, auto estima e valorização.

A participação musical ficou por conta da cantora da Gravadora Novo Tempo, Fernanda Lara e, no sábado à tarde, houve uma reunião com as esposas de aspirantes ao ministério, onde foram tiradas as dúvidas mais comuns inerentes à função.

Já o domingo foi destinado a práticas esportivas incluindo tirolesa e atividades desenvolvidas nos clubes de desbravadores e aventureiros. Após muito suor e boas risadas, o pastor Fray Calderón, líder de desbravadores e aventureiros, também incentivou as participantes a se envolverem de forma direta nos clubes.

Atividades manuais e recreativas também foram desenvolvidas ao longo do programa.

Ainda na oportunidade o pastor Marcos Júnior, presidente da Igreja Adventista no centro do Rio Grande do Sul, falou sobre os 5 níveis de uma esposa de pastor, que compreendem o envolvimento e participação das mesmas no ministério do marido. Ao final, ele fez um apelo incentivado todas a atingir o nível máximo, que é o nível 5.

Para Marlene Hauser, o aprendizado foi amplo. “Trouxe na minha mais maturidade, determinação e o senso constante da presença de Deus. O programa foi extremamente organizado, espiritual, em clima de união, e me fez bem física, mental, social e espiritualmente. A marca que ele deixou em mim foi que nós temos um chamado. O chamado ao ministério não pertence somente ao nosso esposo, nós fazemos parte disso”, conclui.

Veja mais fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox