Notícias Adventistas

Jovens cariocas aceitam ser “raridade” e testemunhar no RJ

18 de novembro de 2014
Acamp Jovem sobre raridade marca juventude carioca

Acamp Jovem tem participação de juventude de diversos estados

Rio de Janeiro, RJ… [ASN] Foram três dias de comunhão, amizades, louvor, testemunhos e entrega total a Deus durante o Rio Acamp Jovem que reuniu cerca de 400 jovens de diversas regiões do Brasil no programa especial para a juventude que teve como tema “Raridade”. O evento aconteceu em Teresópolis de 14 a 16 de novembro.

Localizado a 132 km do Rio de Janeiro, um sítio afastado da cidade, sem internet e sinal para aparelho celular, esse foi o local escolhido para receber a juventude comprometida com a missão.

Juliana Fraga, conta que ficar desconectada do “mundo” e passer três dias em contato com a natureza, aprender sobre o amor de Deus e ser uma “raridade”. Para a jovem o evento foi positivo. “Com certeza eu aceitei ser filha de Jesus, estou voltando renovada e certa que escolho servir e amar a Deus onde eu estiver. Sendo testemunha e a raridade no sentido de levar a salvação para meus amigos e estar preparada para ver a Jesus”, conta a Juliana Fraga.

O evento contou com a presença do grupo Vocal Livre, quarteto ASAF, as mensagens espirituais foram transmitidas pelo pastor Reinaldo Coutinho e Edmar Dornelas.

“Para ser a raridade no mundo é preciso refletir a imagem do Senhor. Seguir os princípios de um jovem cristão, buscar a salvação e testemunhar o amor de Deus”, conta Reinaldo Coutinho.

Segundo o líder do Ministério Jovem do Rio de Janeiro e coordenador do programa, pastor Eduardo Batista, o objetivo foi alcançado. “Recebemos no evento jovens de diversas personalidades que buscam a salvação. Não é fácil ser a raridade no mundo, é preciso ter fé e pedir o poder do Senhor. O nosso próximo objetivo é envolver toda a juventude carioca no programa de um ano em missão e pregar em todos os lugares do Rio de Janeiro”, destaca Batista.

Para o cantor Pedro Valença ser raridade no mundo é ser a luz do mundo. “Viemos direto do Unasp para prestigiar o programa com o louvor do Vocal Livre, mas fomos abençoados, ouvindo mensagens de conforto e de uma vida melhor. O dever de todo o jovem é ser “raridade” ser o reflexo de Jesus por onde estiver”, afirma Valença.

Durante a programação alguns jovens contaram testemunhos de raridades que são destaques no Rio de Janeiro, como o novo projeto de Adventist Mortorcycle Ministry, projeto missionário de motociclistas dispostos a evangelizar os motoqueiros do Rio fazendo o trabalho é feito através de distribuição de livros, oração e evangelismo. 

Leonardo Miguel Aboim é o diretor do Adventist Mortorcycle Ministry e diz ter aprovado o Acamp Jovem e ter a oportunidade de abrir o projeto para toda a juventude fazer parte. “Foi realmente uma bênção, eu sou o primeiro adventista do RJ envolvido com o projeto missionário e quero abrir para todos os jovens que tenham vontade de testemunhar e abreviar a volta de Jesus”, ressalta Aboim.

Ao final do programa os participantes foram desafiados a se envolverem com o programa missionário para 2015, o Rio de Janeiro vai receber voluntários de diversos países dispostos a testemunhar nos pontos turísticos, nas comunidades pacificadas onde a verdadeira esperança de uma vida melhor ainda não chegou.  [Equipe ASN, Dina Karla Miranda]

Acompanhe o vídeo:

Raridade

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox