Notícias Adventistas

Abertura do campori leva adolescentes a refletirem sobre escolhas diárias

Primeiros passos de fé da vida de Daniel após ser levado cativo para Babilônia foram alvo de encenação e sermão.

12 de novembro de 2016

daniel3Igrejinha, RS… [ASN] O início do acampamento que acontece na cidade de Igrejinha reforçou os primeiros passos da vida de Daniel após ser levado cativo para Babilônia junto aos seus três amigos. O espanto do rei ao saber que os israelitas ficaram mais fortes ao escolherem uma alimentação diferente dos demais foi encenada por um grupo de jovens.

Leia mais:

Igrejinha vai receber 1800 desbravadores para o campori

O orador do evento, pastor Gustavo Goes, chamou a atenção para o fato de que os personagens bíblicos só conseguiram permanecer fiéis desde os primeiros momentos devido ao fato de que a vida com Deus era o que moldava a razão de toda a existência há muito tempo. “Daniel e seus amigos não ficaram pensando se iam seguir ou não. Eles haviam decidido o que Deus tinha para eles. Sabe quando você decide desonrar a Deus? Não é no momento em que surge a oportunidade. Você escolhe muito antes. A gente já acaba tendo o desejo de que aquilo aconteça. Não adianta apenas fingir que as coisas estão bem e é por isso que precisamos decidir estar ao lado de Jesus, pois quando surgir alguma oportunidade, nós já teremos definido lá atrás”, reflete Goes.

Para o adolescente João Henrique Ferreira, do clube Everest, um dos clubes do distrito do Iacs, a história, bastante conhecida, continua atual para aplicação em sua vida. “Eu achei, que por mais que tenha sido uma coisa que aconteceu há muito tempo, dá para levarmos como exemplo para o resto da vida. Ele sempre sabia onde queria chegar e tinha foco: estava lá para obedecer a Deus, independente de onde estivesse – na terra dele ou não – e não largou as suas crenças”, ressalta.

orador

A desbravadora Jully Ani, do clube Tarumã, de Viamão, complementa a visão de Ferreira, entendendo que a manifestação pública de imersão, que mostra o desejo do invíduo escolher a Cristo todos os dias, não é o suficiente para se manter ao lado dEle sempre. “Eu ja me batizei, mas acho que cada dia, a gente tem que se reforçar mais a Ele para quando chegarem esses momentos, a gente fazer a escolha certa. Às vezes, a gente tenta ser o exemplo em vários aspectos, mas quando vê aquela oportunidade fazer alguma coisa contrária, acaba vacilando e depois acaba se arrependendo e faz a mesma coisa e é por isso que precisamos estar com Jesus para ser forte”, compreende.

A cerimônia de abertura do campori teve a presença de autoridades públicas de Igrejinha. O prefeito Joel Wilhelm, reforçou a parceria com a denominação para outras oportunidades semelhantes. “Em nome da administração municipal, vocês podem ter certeza que esse parque sempre estará a disposição da Igreja Adventista e, em especial, para o campori”, promete.

O evento também contou uma cerimônia de batismo de duas adolescentes: Eduarda Farias e Stephanie Gaedicke, ambas do clube Guardiões da Serra, de Igrejinha. O passo dado pelas moças foi comemorado com uma queima de fogos, que aconteceu logo em seguida. Durante a abertura, o Coral dos Adolescentes do Iacs, o Instituto Adventista Cruzeiro do Sul, internato de Taquara.batismo2

Amanhã (12), o evento vai contar com duas atividades com envolvimento massivo dos desbravadores fora do Parque de Eventos Almiro Grings, onde o grupo acampa. A partir das 14h, ocorre um desfile cívico na Avenida Presidente Castelo Branco e um projeto chamado Feira de Saúde, que oferece serviços gratuitos a comunidade, como teste de glicose, verificação da pressão arterial e informações sobre os oito remédios contidos na natureza. A feira acontece na Rua Coberta de Igrejinha.

O Clube de Desbravadores é uma agremiação semelhante aos escoteiros, que reúne pessoas de 10 a 15 anos com objetivo de desenvolver habilidades, moralidade, disciplina, gosto pela natureza, projetos sociais, além de combater o uso de fumo, álcool e drogas. Já o campori se trata de uma celebração das atividades realizadas ao longo do ano, também recheado de desafios que contemplam as áreas física, mental e moral. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox